Geral

Motorista da carreta deve ser indiciado por homicídio culposo

Foram divulgados pela polícia os nomes completos das cinco vítimas do acidente ocorrido nesta manhã na BR-163, a 20 quilômetros da cidade de Nova Alvorada do Sul. Morreram carbonizados o tenente José Jesus de Souza Barros, da Polícia Militar de Glória de Dourados, de 36 anos; sua esposa, Enizete Soares Ribeiro, de 37 anos; as […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Foram divulgados pela polícia os nomes completos das cinco vítimas do acidente ocorrido nesta manhã na BR-163, a 20 quilômetros da cidade de Nova Alvorada do Sul.

Morreram carbonizados o tenente José Jesus de Souza Barros, da Polícia Militar de Glória de Dourados, de 36 anos; sua esposa, Enizete Soares Ribeiro, de 37 anos; as crianças Carolina Soares Ribeiro, de quatro anos; João Vítor Ribeiro, de um ano e oito meses, e Leandro Pizano de Matos, de dez anos de idade.

Filho do candidato a deputado federal Vanderlei Cabeludo, Leandro teria ido a Glória de Dourados ontem para levar uma camiseta de presente ao pai, que estava em campanha na cidade.

Hoje, pouco depois do acidente, o candidato esteve no local e confirmou que seu filho viajara no Fiat Tipo conduzido pelo tenente Barros. O carro (placas HRL 9427, de Campo Grande) chocou-se frontalmente com uma carreta Volvo (placas IKL 6035), que carregava milho.

Halei Sangali, motorista da carreta, e sua acompanhante, Rosa Maria Franco, saíram ilesos do acidente. De acordo com o delegado Natanael Matias, Halei deve ser indiciado por homicídio culposo e poderá ser condenado de um a cinco anos de prisão. O inquérito de apuração das causas do acidente deve ficar pronto em trinta dias.

Jornal Midiamax