Geral

Ibrape: Ramez lidera corrida ao Senado com 45%

O ex-governador Pedro Pedrossian (PST) está logo atrás, com 38%. Na terceira posição encontra-se o petista Delcídio do Amaral, com 16% das intenções de voto.

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O ex-governador Pedro Pedrossian (PST) está logo atrás, com 38%. Na terceira posição encontra-se o petista Delcídio do Amaral, com 16% das intenções de voto.

A pesquisa Ibrape sobre a corrida ao Senado em Mato Grosso do Sul, divulgada hoje pelo jornal Correio do Estado, mostra um crescimento significativo do presidente do Congresso Nacional, senador Ramez Tebet (PMDB). Com 45% das intenções de voto, Ramez ampliou em dois pontos percentuais a sua vantagem sobre Pedro Pedrossian (PST), que caiu um ponto desde a semana passada (38%). Delcídio do Amaral (PT) continua com 16% e Athayde Nery (PPS) subiu um ponto.

A nova pesquisa, realizada entre os dias 8 e 11 de agosto, confirma a progressão eleitoral de Ramez Tebet, que em 16 de julho iniciava sua campanha com 3 pontos percentuais a menos que o ex-governador (Na época Ramez tinha 39%, contra 42% de Pedrossian). Bastaram duas semanas de campanha para que o senador consolidasse a sua liderança: “Apesar dos bons resultados, temos um longo caminho pela frente. Não há nada definido”, comentou Ramez.

O petista Delcídio do Amaral Gómez, ex-ministro das Minas e Energia e ex-secretário estadual de Infra-Estrutura, manteve 16% das intenções de voto, mesmo número registrado na última pesquisa, no final de julho. Delcídio aposta na transferência de votos do governador para ficar entre os dois mais votados: “Encaro de forma favorável esta pesquisa. Estou a apenas oito meses com Zeca do PT e já chego a 16% dos votos em uma eleição com pessoas que fazem política no Estado há décadas. Sou um candidato jovem e novo”, disse o Delcídio em contato com o MidiamaxNews.

Athayde Nery (PPS), da coligação de Moacir Kohl (PDT), ganhou um ponto percentual em relação à última pesquisa, aparecendo com 9% das intenções de voto. Athayde foi informado sobre a pesquisa através de um telefonema da nossa Redação: “Nem vi o Correio ainda. Mas fico muito satisfeito em saber que nossa candidatura está crescendo. Estamos chegando a regiões que ainda não conhecíamos a fundo”, declarou o candidato.

Os demais concorrentes ao Senado permanecem tecnicamente empatados nas últimas colocações. Carlos Leite (PV) continuou com 3%, João Derli cresceu 1 ponto, passando a 3%, e Ubirajara Martins (PSB) manteve-se com 2% das intenções de voto. Entre os 1.080 eleitores entrevistados, 22% declararam-se indecisos quanto ao voto para senador. Outros 51% ainda não haviam definido o seu candidato. Nas eleições de 6 de outubro, os dois candidatos mais votados serão eleitos para o Senado.

Jornal Midiamax