Geral

Fórum de Debates da Fiems começa daqui a pouco

Começa daqui a pouco, às 9h, o “Fórum de Debates Fiems – Ações para o Desenvolvimento – Propostas da Iniciativa Privada para o Futuro de MS”, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul. A programação será realizada nas cidades de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Corumbá. O principal objetivo […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Começa daqui a pouco, às 9h, o “Fórum de Debates Fiems – Ações para o Desenvolvimento – Propostas da Iniciativa Privada para o Futuro de MS”, promovido pela Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul. A programação será realizada nas cidades de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Corumbá.

O principal objetivo do evento é discutir com a iniciativa privada uma pauta de questões sobre o desenvolvimento econômico e social do Estado. Os principais temas propostos para debate são: Distribuição de Renda, Financiamento da Pequena e Média Empresa, Educação, Formação de Mão-de-Obra e Projetos de Inclusão Social. Ao final do Fórum, as principais propostas dos participantes serão encaminhadas como subsídios aos candidatos ao Governo do Estado.

Hoje o programa será desenvolvido em Campo Grande, das 9h às 12h e das 14h às 17h, no Auditório da Fiems, localizado na avenida Afonso Pena, 1206. O presidente da Federação das Indústrias de MS, Alfredo Fernandes, abre o evento.

Em seguida virão os conferencistas: o governador do Estado, José Orcírio dos Santos, que abordará o tema “Mato Grosso do Sul 2020”; o prefeito de Ribeirão Preto, Antônio Palocci, com o tema “Uma nova Política pra o Desenvolvimento Econômico-social do Brasil”; o presidente da CNI, Carlos Eduardo Moreira, que apresentará o tema “A Importância do Parlamentar na Promoção do Desenvolvimento Regional”; o professor de Economia da UFMS, Ido Michels, com o tema “Mato Grosso do Sul: Tendências”; e por fim o gerente econômico do BNDES, Eduardo Reis Gonçalves, com o tema “Linhas de Crédito do BNDES para Micros Pequenas e Médias Empresas”. A mediação ficará a cargo do ex-secretário estadual de Habitação e Infra-estrutura, Delcídio do Amaral.

Jornal Midiamax