Geral

Falta de sangue ameaça atendimento na Santa Casa

O Banco de Sangue da Santa Casa de Campo Grande precisa com urgência de doadores. A responsável pela captação de doadores, Dulcilene Brito, informou que o número de voluntários ainda é pequeno e não atende a demanda do hospital. “Hoje apenas 19 pessoas doaram sangue. Por dia é necessário cerca de 80 doadores, para regularizar […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O Banco de Sangue da Santa Casa de Campo Grande precisa com urgência de doadores. A responsável pela captação de doadores, Dulcilene Brito, informou que o número de voluntários ainda é pequeno e não atende a demanda do hospital. “Hoje apenas 19 pessoas doaram sangue. Por dia é necessário cerca de 80 doadores, para regularizar o estoque de sangue da unidade”, disse.

Dulce de Brito afirmou que o estoque está em situação precária, necessitando com urgência de doadores de quase todos os tipos de sangue.

Para ser um doador de sangue os candidatos não podem estar em jejum, devem comparecer uma hora após o café da manhã e duas após o almoço. A pessoa também não pode tomar nenhum tipo de medicamento durante os três últimos dias e nem ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 24h.

O Banco de Sangue fornece um atestado médico aos doadores, que devem ter entre 18 e 65 anos e estar com o peso acima de 50 quilos.
Os interessados podem entrar em contato pelo telefone 325-6335.

Horário de funcionamento:
Segunda a Sexta – 7h30min às 11h e das 13h às 17h

Sábado – 8h às 11h

Jornal Midiamax