Geral

Disputa eleitoral no MS pode ter um quarto candidato ao governo

Após a convenção do Partido dos Trabalhadores, marcada para os dias 8 e 9 de junho, pode sugir um quarto candidato ao governo. Caso o PT mantenha as indicações para governador, vice-governador, e ainda coloque à disposição dos aliados apenas uma vaga para o Senado, o PDT e PPS buscarão novos rumos. “Nossa reivindicação (PDT […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Após a convenção do Partido dos Trabalhadores, marcada para os dias 8 e 9 de junho, pode sugir um quarto candidato ao governo. Caso o PT mantenha as indicações para governador, vice-governador, e ainda coloque à disposição dos aliados apenas uma vaga para o Senado, o PDT e PPS buscarão novos rumos.

“Nossa reivindicação (PDT e PPS) é pelas duas vagas ao Senado. A outra possibilidade é minha candidatura ao governo do Estado”, confirma o vice-governador Moacir Kohl (PDT).

Por enquanto, os pré-candidatos a assumir o cargo de governador são José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, Marisa Serrano (PSDB) e Izaque Mendes (PRONA).

Jornal Midiamax