Geral

Crise econômica: Argentina ganha 24 mil pobres por dia

Na Argentina, um estudo revelou que a grave crise econômica do país criou uma média de 24 mil pobres por dia no período de outubro e maio. Segundo o estudo, 18,9 milhões de habitantes, num total de 36 milhões, vivem na pobreza na Argentina. Os altos níveis de pobreza se apontam um alarmante índice de […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

Na Argentina, um estudo revelou que a grave crise econômica do país criou uma média de 24 mil pobres por dia no período de outubro e maio. Segundo o estudo, 18,9 milhões de habitantes, num total de 36 milhões, vivem na pobreza na Argentina.

Os altos níveis de pobreza se apontam um alarmante índice de desemprego que, segundo fontes oficiais, já chega a 24% da população ativa, o que se deixa uma crise que mantém o governo sob pressão constante por temores de uma revolta social.

De acordo com dados oficiais, considera-se pobre uma família de quatro membros cuja renda mensal total não supera US$ 163,9.

A associação de defesa dos consumidores, Adelco, afirma que a cesta básica dos 28 produtos alimentícios, de higiene pessoal e de limpeza aumentou 70,04% entre janeiro e maio. As informações são da Folha Online.

Jornal Midiamax