Geral

C.V.V. deixa de atender 2.300 ligações por falta de voluntários

O CVV – Centro de Valorização da Vida – realiza amanhã e domingo, no auditório do colégio Mace, na Rua 26 de agosto, esquina com Rui Barbosa, um curso para capacitar e selecionar voluntários para o centro. Hoje apenas seis pessoas trabalham no CVV numa escala de quatro horas cada. Seriam necessárias, pelo menos, três […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O CVV – Centro de Valorização da Vida – realiza amanhã e domingo, no auditório do colégio Mace, na Rua 26 de agosto, esquina com Rui Barbosa, um curso para capacitar e selecionar voluntários para o centro.

Hoje apenas seis pessoas trabalham no CVV numa escala de quatro horas cada. Seriam necessárias, pelo menos, três atendentes a cada plantão. Por causa desse déficit de voluntários, em abril foram atendidas 1,8 mil chamadas e deixaram de ser atendidas 2,3 mil ligações.

O CVV é um programa de prevenção de suicídios e não tem ligações políticas, religiosas ou financeiras. O serviço funciona 24 horas pelos números 383.4112 e 383.4113.

A capacitação de voluntários acontece amanhã, à partir das 14h, e domingo, à partir das 8h.

Jornal Midiamax