Geral

BC: Inflação, energia elétrica mais cara e reajuste menor do gás

O Banco Central aumentou sua previsão de inflação e de reajuste para as tarifas de energia elétrica este ano, mas prevê um aumento menor no preço do gás. A energia deve subir 20,1%, e não 19,2%. Em compensação, o BC prevê agora um aumento de 25% no preço do gás, contra 42% da projeção anterior. […]

Arquivo Publicado em 01/01/2000, às 12h00

None

O Banco Central aumentou sua previsão de inflação e de reajuste para as tarifas de energia elétrica este ano, mas prevê um aumento menor no preço do gás.

A energia deve subir 20,1%, e não 19,2%. Em compensação, o BC prevê agora um aumento de 25% no preço do gás, contra 42% da projeção anterior.

A inflação em 2002 medida pelo IPCA deverá ficar acima dos 6% e, em 2003, ficará abaixo da meta central de 4%, se a taxa básica de juros (Selic) continuar mantida em 18% ao ano e a taxa de câmbio prevalecer nos níveis em que estava às vésperas da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) realizada na semana passada, segundo a ata da reunião.

Jornal Midiamax