O ex-técnico do São Paulo, Thiago Carpini, vai receber uma multa milionária do clube paulista após a demissão nesta quinta-feira (18). O contrato do técnico valia até o final deste ano.

O valor é referente da multa rescisória chega a R$ 1,2 milhão, referente a três meses do salário do ex-treinador, que recebia R$ 400 mil mensais, segundo o Portal Terra. Carpini chegou ao São Paulo em janeiro deste ano após Dorival Júnior sair para comandar a Seleção Brasileira.

Junto ao São Paulo, o técnico de 39 anos conquistou o título da Supercopa do Brasil contra o Palmeiras e venceu o Corinthians na Neo Química Arena, quebrando o tabu do clube nunca ter vencido na casa do rival.

Thiago teve um começo promissor, mas o time passou a ter o desempenho questionado pela torcida e dirigentes. Thiago ficou na corda bamba após a queda precoce do São Paulo no Campeonato Paulista, quando a equipe foi eliminado nas quartas de final para o Novorizontino diante de um Morumbi lotado.