O Corinthians vai ter o patrocínio master mais valioso do País em 2024. Como havia prometido, o presidente Augusto Melo fechou acordo com a VaideBet, empresa de apostas, por R$ 360 milhões nas próximas três temporadas, o que significa R$ 130 milhões por ano.

Augusto Melo e o superintendente de marketing do Corinthians vão anunciar o acordo com a VaideBet neste domingo. O acordo foi revelado primeiramente pelo GE e significa um aumento de quase cinco vezes em relação ao que o clube recebia da Hypera Pharma (Vitaminas Neo Química), que desembolsava R$ 22 milhões por ano

A empresa de medicamentos, inclusive, aceitou romper o acordo por causa do valor astronômico do novo parceiro. Augusto Melo chegou a recusar R$ 75 milhões da Pixbet, concorrente no mundo das apostas e que já estava alinhada com a antiga diretoria, prometendo surpreender os torcedores.

A VaideBet usou suas redes sociais para aguçar os corintianos ao colocar uma imagem preta e branco com um VAI, em alusão à sua marca e também ao Vai, Corinthians. Muitos torcedores agradeceram o acordo, enquanto alguns rivais pediam para que seus clubes também fossem patrocinados pela empresa com esses altos valores.

O acordo, diferentemente de antigos patrocínios, com parcelas anuais, teria como novidade pagamentos mensais, no valor de R$ 10 milhões, o que deixaria o Corinthians sempre com dinheiro para investimentos ou pagamentos de contas.

A ideia da nova direção corintiana é ter uma camisa avaliada em até R$ 200 milhões. Dia desses, ainda em acordo com o agora ex-presidente Duílio Monteiro Alves, o clube fechou acordo com a EZZE seguros para o superior das costas por R$ 11 milhões anuais Apesar de ter se irritado com os valores, Augusto melo deve honrar o compromisso, diferentemente do que deve ocorrer com a Pixbet, que deve abrir o espaço nos ombros para não conflitar com a VaideBet.

*TEXTO: Estadão Midiamax.