A parceria entre Cássio e Corinthians deve continuar por mais alguns bons anos. O goleiro esteve alinhado com o discurso do presidente Augusto Melo e indicou a permanência do clube. Assim, as partes negociam o vínculo do atleta, que termina no final do ano, e tudo indica que uma renovação está bem próxima.

“É difícil, estou há 12 anos no Corinthians. Tinha 24 anos e quando cheguei era o mais novo, lógico que vamos conversar e não vai ter problema. Ele [Melo] assumiu agora como presidente, não temos nada para falar nada dele, tem sido muito correto em todos os sentidos e está sempre junto. Quando precisou, cobrou, falou e está começando uma nova gestão e vamos ajudar ele”, afirmou em entrevista ao apresentador Neto, da .

O discurso parece muito alinhado à entrevista dada pelo mandatário na quinta-feira (11). Então, Augusto Melo deixou a renovação nas mãos de Cássio, deixando claro a intenção de contar com o goleiro, um dos líderes da equipe, nos próximos anos.

Cássio chegou no Corinthians em 2012 e participou das principais conquistas do clube, a exemplo da Copa e do Mundial de Clubes daquele mesmo ano. Dessa forma, ele também é o segundo jogador que mais vestiu a camisa do clube. No total, foram 708 jogos e nove títulos.

Empresário de Cássio cobra o Timão na Justiça

Apesar de a permanência ser de interesse de ambas as partes, Cássio tem como empresário Carlos Leite, que entrou na Justiça cobrando uma dívida do Corinthians no valor de R$ 60 milhões. A expectativa é que esse assunto não entre na pauta envolvendo um dos principais ídolos da história do clube alvinegro.

Com 36 anos, Cássio é titular do Corinthians sob o comando do técnico António Oliveira e estará presente na do time no Campeonato Brasileiro. O desafio é diante do -MG, em duelo marcado para este domingo, às 16h, na Neo Química Arena, em .