A seleção brasileira feminina de vôlei se recompôs em quadra e voltou a vencer no Pré-Olímpico de vôlei na madrugada deste sábado. O time de José Roberto Guimarães bateu a seleção da por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 25/14 e 25/20, em Tóquio, no . O grupo se recupera da derrota por 3 a 0 para a , que aconteceu em meio ao luto pela morte de Walewska Moreira de Oliveira, jogadora de vôlei e campeã olímpica com a seleção brasileira nos Jogos de Pequim-2008.

A vitória nesta sexta rodada do Pré-Olímpico é fundamental para manter viva a chance de classificação do Brasil para os Jogos de Paris-2024. A situação será definida neste domingo contra o Japão, as donas da casa, às 7h25 (horário de Brasília). Em terceiro lugar, o Brasil precisará aguardar o confronto entre Japão e Turquia neste sábado para saber de quanto deverá vencer as asiáticas no domingo para buscar a classificação.

“Gostei do comportamento do time na partida contra a Bélgica. Agora já temos que pensar no Japão para buscar a nossa classificação olímpica. Elas têm um time certinho. Vamos ter que sacar muito bem e ter muita paciência. Treinamos muito para esse momento e é hora de colocarmos em prática tudo que foi treinado. É uma velocidade de jogo completamente diferente”, avaliou José Roberto Guimarães, treinador do Brasil.

A ponteira Gabi foi a maior pontuadora do confronto, com 19 acertos. A central Thaisa, com 10, também se destacou na partida Capitã da equipe, Gabi falou sobre o difícil momento de luto vivido pelo time e mostrou confiança para o duelo diante do Japão.

“A equipe está de parabéns por ter superado um momento muito difícil que foi a perda da Wal. Nos unimos e a comissão técnica teve a capacidade de nos passar força para jogarmos e lutarmos por ela. Hoje foi uma vitória importante. A Bélgica sacou muito bem. Conseguimos manter nosso ritmo de jogo, com o saque e a defesa funcionando bem. Ainda precisamos melhorar algumas coisas Amanhã vamos enfrentar o Japão e buscar essa classificação. Temos total condição de vencer, não vai ser uma partida fácil, mas estamos lutando uma pela outra e vamos em busca da classificação”, disse.

O Brasil aparece na terceira colocação do Pré-Olímpico, com 14 pontos, após vitórias sobre Argentina, Peru, Bulgária, Porto Rico e Bélgica, e derrota para a Turquia. As duas seleções mais bem classificadas garantem um lugar nos Jogos de Tóquio. Japão e Turquia ocupam os postos neste momento e o Brasil é a única seleção que pode desbancar ambas na última rodada. Com um jogo a menos, Japão e Turquia aparecem na frente do Brasil. As japonesas lideram, com 15 pontos, seguidas pelas turcas, que também têm 15, mas um saldo de sets pior do que as asiáticas.