O São Bento foi rebaixado no ao perder na tarde deste domingo para o Red Bull Bragantino, por 3 a 0, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, pela 12ª e última rodada da primeira fase. Bruninho, Gustavinho e Praxedes marcaram os gols do jogo.

Com o resultado, o São Bento ficou com os mesmos 10 pontos da Portuguesa, mas caiu para o 15º lugar da classificação geral. A equipe da capital venceu o Mirassol fora de casa e escapou do descenso por ter maior saldo de gols (-8 a -9).

Já o Red Bull Bragantino terminou a atual fase na liderança do Grupo A, com 20 pontos. Nas quartas de final enfrentará o Botafogo, que foi o vice-líder do Grupo A, com 14. Por ter melhor campanha, o time de Bragança Paulista mandará o jogo único diante de seus torcedores.

Com bola rolando, o Red Bull Bragantino foi superior no primeiro tempo e abriu o placar logo aos 11 minutos. Artur deu boa assistência para Bruninho, que ficou livre na grande área e finalizou rasteiro, sem chances de defesa para o goleiro Zé Carlos.

O gol desestabilizou o São Bento, que viu o Red Bull Bragantino ter a chance de ampliar. Aos 21, Juninho Capixaba lançou Popó na área e ele cabeceou nas mãos do zagueiro Bruno Aguiar. Aos 24, Artur cobrou forte, mas o goleiro Zé Carlos acertou o canto e defendeu.

Mesmo com o pênalti desperdiçado, os seguiram melhores e encontraram o segundo gol antes do intervalo. Aos 47, Artur ficou cara a cara com o goleiro e finalizou na trave. No rebote, Hurtado chutou cruzado para o meio da área e Gustavinho, em posição legal, mandou para as redes.

No segundo tempo, o São Bento, pressionado com os outros resultados da rodada, foi para o tudo ou nada. Aos 33 minutos, Branquinho recebeu lançamento e viu Cleiton falhar de forma esquisita. O atacante, desequilibrado, não conseguiu finalizar e desperdiçou a melhor chance no jogo.

Nos minutos finais, o São Bento se entregou e levou o terceiro gol. Aos 49, Praxedes dominou na entrada da área, passou como quis pela marcação e chutou no canto de Zé Carlos, dando números finais ao confronto.

Saiba Mais