O Sampaio Corrêa dependerá apenas de suas próprias forças para se salvar do rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. Nesta segunda-feira, no jogo único que fechou a 37ª e penúltima rodada, acabou com um jejum de sete partidas sem vitória ao golear o Avaí, por 4 a 0, no estádio Castelão, em São Luís (MA) e respirou contra a degola. Ytalo foi o nome da noite com dois gols.

Com o resultado, o Sampaio Corrêa foi aos 39 pontos e saiu da zona de rebaixamento, aparecendo na 15ª colocação. Chapecoense e Tombense, rivais nessa briga, têm 37. De qualquer forma, para não depender de nenhum outro resultado, o time maranhense precisará vencer o Sport, na última rodada, em duelo que será realizado no Recife (PE), no próximo sábado.

De outro lado, o Avaí apenas cumpre tabela nestes últimos jogos, após acabar com o risco de rebaixamento. Atualmente é o 13º colocado com 43 pontos, mas chegou à segunda partida sem vitória e na última rodada, recebe o Ituano, na Ressacada, em busca da reabilitação para uma despedida honrosa.

O jogo começou movimentado e o Avaí ficou com um jogador a menos em campo logo aos cinco minutos. Depois de um vacilo da defesa, Pimentinha invadiu a área e chutou para fora. Mas, depois de analisar as imagens no VAR, o árbitro expulsou o zagueiro Jonathan Costa por uma falta como último homem.

Com a maioridade numérica em campo, o Sampaio Corrêa foi para cima e ainda no primeiro tempo, marcou três gols, praticamente decretando a vitória. Abriu o placar aos 21 minutos, depois de um cruzamento na área. Ytalo cabeceou firme, Igor Bohn fez grande defesa, mas no rebote o camisa 23 não perdoou.

Já aos 32, foi a vez de Neto Paraíba deixar a sua marca. Após uma disputa na área, o volante levou melhor, limpou a marcação e bateu no cantinho, sem chances para o goleiro. Já nos acréscimos, aos 50, Ytalo marcou mais um. Depois de um cruzamento na área, a bola desviou a sobrou para o atacante completar para o gol, fechando o primeiro tempo em 3 a 0.

Na volta do intervalo, o jogo seguiu da mesma forma, com o Sampaio Corrêa em cima. Depois de quase ampliar logo no primeiro lance do segundo tempo, o quarto gol só foi sair aos 26 minutos. Patrick Allan recebeu, avançou em velocidade e da entrada da área, finalizou para o gol, mandando para o fundo da rede.

A partir daí, o Avaí até tentou responder, mas foi o Sampaio Corrêa que seguiu levando perigo ao gol adversário. Aos 34 minutos, Pimentinha fez bela jogada individual e mandou raspando

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORRÊA 4 X 0 AVAÍ

SAMPAIO CORRÊA – Luiz Daniel; Lucas Mota, Ícaro, Rafael Jansen (Leonan) e Pará; Neto Paraíba (Robinho), Ferreira (Claudinei) e Eloir (Patrick Allan); Pimentinha, Ytalo (Getterson) e Vitinho. Técnico: Dejair Ferreira (interino).

AVAÍ – Igor Bohn; Thales Oleques, Jonathan Costa, Alan Costa e Bruno Cortez; Welligton (Gustavo Modesto), Rafael Gava e Giovanni (Jean Cléber); Andrey (Roberto), Gabriel Poveda (Xavier) e Jean Lucas (Felipinho). Técnico: Eduardo Barroca.

GOLS – Ytalo, aos 21 e aos 50, e Neto Paraíba, aos 32 minutos do primeiro tempo; Patrick Allan, aos 26 do segundo.

CARTÕES AMARELOS – Neto Paraíba e Rafael Jansen (Sampaio Corrêa) e Cortez, Felipinho, Jean Cléber, Roberto e Wellington (Avaí).

CARTÃO VERMELHO – Jonathan Costa (Avaí).

ÁRBITRO – Wilton Pereira Sampaio (GO).

RENDA – R$ 70.720,00.

PÚBLICO – 8.740 total.

LOCAL – Estádio Castelão, em São Luís (MA).