Ruan Oliveira passará mais uma temporada no departamento do Corinthians. Depois de ficar por 2 anos no clube tratando de sérias lesões no joelho esquerdo, o meia ganhou confiança da diretoria até o fim do e, justamente na última rodada, quando se despediria do clube, acabou novamente rompendo os ligamentos, agora na perna direita, e renovará para fazer a recuperação.

“O Sport Club Corinthians Paulista informa que na manhã desta sexta-feira, após exames e avaliações médicas, foi constatada ruptura de ligamento cruzado anterior do joelho direito do atleta Ruan Oliveira. O meio-campista iniciará tratamento nos próximos dias em preparação para a intervenção cirúrgica, que acontecerá em janeiro de 2024”, informou o clube.

O armador chegou em 2019 saído do Metropolitano, de Santa Catarina, por empréstimo, e esperou quase 8 meses para estrear, já no do Brasileirão de 2020, diante do Atlético-MG. Assim, faria mais 3 partidas naquele ano até iniciar seu calvário de lesões no joelho.

Foram três cirurgias no joelho esquerdo, que o tiraram dos gramados por mais de mil dias. Então, com carências na armação no começo de 2023, o jogador ganhou chances. E até começou a aparecer com frequência na equipe, sobretudo na direção de Vanderlei Luxemburgo.

Ruan Oliveira voltaria ao time catarinense

Mesmo definido que o meia voltaria ao clube catarinense ao término do atual vínculo, dia 31 de dezembro, Mano Menezes optou por sua utilização na despedida diante do Coritiba, quarta-feira –não tinha Renato Augusto, Giuliano e Matias Rojas. Assim, Ruan Oliveira entrou na segunda etapa na vaga de Bruno Méndez e acabou sofrendo a lesão somente 13 minutos após entrar. Ficou com a perna presa em uma dividida.

Então, o jogador ficou sentado no gramado, já prevendo o pior. Saiu no carro maca, chorando muito. E a desconfiança acabou confirmada após exames médicos. Dessa forma, fará cirurgia novamente. Ele postou uma foto cabisbaixo do momento do lance em suas redes sociais e escreveu: “Que seja feita a sua vontade”. Recebeu inúmeras mensagens de apoio, de amigos, familiares e companheiros do clube.

Como a lei prevê que atletas em recuperação de graves lesões permaneçam no atual clube, como já ocorre com o volante Paulinho, no Corinthians, Ruan Oliveira deve renovar por mais 12 meses, já que deve ficar ao menos 8 em reabilitação.