A Série B do Campeonato Estadual termina com um título inédito. No domingo (10), em Sidrolândia, a Portuguesa recebeu o Corumbaense e venceu a decisão por 3 a 0. Esse foi o primeiro título do clube de Campo Grande no futebol profissional e os dois finalistas, juntos com o Náutico, terceiro colocado, disputam a em 2024.

O confronto no Estádio Sotero Zárate começou com a Portuguesa melhor. A primeira chance de marcar aconteceu aos nove minutos, Gabrielzinho cruzou da direita e Dri chegou de peixinho, cabeceando para excelente defesa de Zé Augusto. No rebote, o próprio camisa 8 aproveitou, mas bateu para fora.

Aos 14, o gol da Lusa saiu. Luan foi lançado pela esquerda, avançou e cruzou para Dri, mas na disputa com a zaga, bola sobrou para Firmino Coruja chegar batendo e abrir o placar.

Aos 35 minutos, a situação da Lusa ficou mais tranquila. Um chutão da defesa virou contra-ataque e Luan entraria sozinho na área, mas o lateral derrubou o atacante e acabou expulso pelo árbitro Raphael de Souza Cosmo. Na cobrança de Luan, a bola desviou na barreira e só não entrou graças a recuperação de Zé Augusto, que fez a defesa.

estadual
Final do Estadual Série B (Luciano Siqueira, Portuguesa)

Com um jogador a mais, a Portuguesa abriu vantagem aos oito minutos do segundo tempo com um golaço. Luan recebeu na intermediária, abriu espaço com drible no marcador e soltou a bomba, no ângulo esquerdo de Zé Augusto que foi para bola, mas sem chance de defesa.

Aos 35 minutos, após troca de empurrões, Raphael Cosmo expulsou o zagueiro Tabata, do Corumbaense, e Igor, da Lusa. Aos 46, o gol que sacramentou o título. Gabrielzinho partiu do meio campo, tabelou com Colman pela direita e saiu na frente de Zé Augusto para marcar o seu gol e fechar o placar do título da Portuguesa em 3 a 0.

Série A no ano que vem

Com o título, o técnico Glauber Caldas elogiou o time, mas disse que a festa vai durar pouco tempo para ter condições de fazer uma boa campanha na Série A.

“A gente acredita muito no planejamento, no dia a dia. Não existe time imbatível e a gente tropeçou, a gente oscilou, mas a gente confiava no planejamento e sempre soubemos que brigamos para ser campeões e agora só posso agradecer esses atletas. Agora é programar a Série A porque não queremos lutar contra o rebaixamento, mas por algo grande. Hoje vamos comemorar a Série B e depois virar a página”, afirmou ao Esporte MS, no fim da partida.

Saiba Mais