Depois de ser “furado” pelo Boletim Informativo Diário da CBF, que mostrou o registro da rescisão de Artur com o Red Bull Bragantino, o Palmeiras, enfim, oficializou a contratação do atacante de 25 anos. Formado na base do time alviverde, ele assinou contrato longo, até dezembro de 2027.

“Estou muito feliz, é uma honra estar representando este manto novamente. Aprendi a amar o clube desde a base, que fiz toda aqui. Estou me sentindo completamente em casa, espero ganhar mais títulos com essa camisa”, afirmou o atacante. “Era um sonho estar aqui, não pensei duas vezes. É um clube que eu e minha família amamos bastante”.

Artur, de fato, quis voltar. O desejo do atleta foi fundamental para o Bragantino aceitar uma proposta inferior ao que desejava. O clube de Bragança queria € 10 milhões de euros. Contudo, topou vender o seu principal jogador por € 8 milhões de euros (R$ 45 milhões). O atleta, dessa maneira, valorizou R$ 18 milhões, uma vez que o próprio Palmeiras o vendeu em 2020 por R$ 27 milhões.

Além disso, segundo apurou a Agência Estado, o acordo prevê o pagamento de um bônus de € 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,6 milhões) ao Bragantino por metas a serem atingidas por Artur com a camisa do Palmeiras. Entre elas, estão convocações para a Seleção Brasileira e conquistas de títulos.

Artur foi protagonista por 3 anos no Red Bull Bragantino

Nascido em Fortaleza (CE), Artur começou a carreira nas categorias de base do Ceará e desembarcou no Palmeiras aos 16 anos, em 2015. Rápido e habilidoso, trilhou seu caminho até o profissional, no qual, porém, teve pouco espaço.

Contudo, foram apenas 10 jogos pelo clube, sendo 9 em 2018 (2 pela Copa do Brasil, 5 pelo Brasileirão e 2 amistosos) e um pelo Brasileirão de 2016.

“Trabalhei com Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan, que é um grande parceiro. Tem algumas carinhas novas ali, mas vou conhecer todo mundo o mais rápido possível. Estou me sentindo em casa, são ótimos profissionais, que se mantiveram aqui pelo alto nível de desempenho”, afirmou.

Ainda em sua primeira passagem pelo Palmeiras, foi emprestado a Grêmio Novorizontino, Londrina e Bahia com o intuito de ganhar experiência. Negociado com o Bragantino no fim de 2019, tornou-se protagonista na equipe do interior –foi eleito o craque do Paulistão de 2020 e premiado com a Bola de Prata no Brasileiro de 2021.

“De fora, a gente acompanhava o trabalho magnífico do Abel e de todo o elenco, tendo a percepção de que o time tem uma identidade formada. Uma equipe muito esforçada, determinada e focada. Quero estar o mais rápido possível no elenco, vim para somar e buscar mais títulos”, destacou Artur.

Atacante tem passagens por seleções do país

O atacante também acumula diversas convocações para a seleção brasileira na carreira. Após figurar em listas das equipes Sub-23, Sub-20 e Sub-17 do Brasil, chegou à Seleção principal em 2021 para a disputa das duas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo do Qatar.

“Estou pronto, fiz uma bela pré-temporada e estou me preparando mais ainda mentalmente, porque não é fácil vestir esta camisa, a gente sabe o peso que tem. Tenho que trabalhar bastante e tenho certeza de que vamos ganhar o título do Paulista”, disse.