A 19ª edição dos Jogos Pan-Americanos começa nesta sexta-feira, dia 20 de outubro, em Santiago, no Chile. O evento ocorre até o dia 5 de novembro e reunirá cerca de sete mil competidores de 41 países, com disputas em 58 modalidades – 11 exclusivas e quatro categorias estreantes.

Além da busca por vagas nos Jogos Olímpicos de Paris-2024, o Brasil chega à competição reforçado por 21 medalhistas olímpicos, entre eles Rebeca Andrade, Rayssa Leal e Isaquias Queiroz, e está entre os favoritos na briga pelo topo do quadro de medalhas.

Como o nome sugere, apenas países do continente americano participam do Pan. A competição é realizada a cada quatro anos e seguiu um rodízio pelas três regiões das Américas até a edição de 2019, em Lima, no Peru.

Origem

O evento se originou no início do século 20, quando representantes dos países latino-americanos, inspirados na realização da Olimpíada de Los Angeles-1932, propuseram ao COI (Comitê Olímpico Internacional) a criação de um evento poliesportivo envolvendo nações da América, visando desenvolver o na região.

A ideia de organizar um evento envolvendo países do continente foi debatida no Congresso Esportivo Pan-Americano, em 1940, em Buenos Aires. A cidade foi definida como a sede da primeira edição do evento, que seria realizado dois anos depois, mas acabou sendo abortado por causa da Segunda Guerra Mundial. Os Jogos Pan-Americanos estrearam somente em 1951, com a capital sendo mantida como sede.

O Brasil participou de todas as edições dos Jogos Pan-Americanos, sediando o torneio em duas oportunidades: 1963, em São Paulo, e em 2007, no Rio de Janeiro. A melhor campanha do time brasileiro aconteceu na edição mais recente, no Pan de Lima, quando o País terminou na segunda colocação do quadro de medalhas. Os Estados Unidos sempre terminaram o evento no topo, com a exceção de Buenos Aires, em 1951, e Havana, em 1991, que tiveram os anfitriões Argentina e , respectivamente, nas primeiras posições.

Quantas medalhas o Brasil já ganhou no Pan?

Em toda a história dos Jogos Pan-Americanos, o Brasil conquistou 384 medalhas de ouro, 402 de prata e 590 de bronze, totalizando 1.376 pódios. O time brasileiro é o quarto maior vencedor da competição, atrás apenas de Estados Unidos (4.713), Cuba (2.124) e Canadá (2.067). A edição de 2027 já tem local definido e será disputada em Barranquilla, na Colômbia.

A cerimônia de abertura do Pan de Santiago acontece nesta sexta-feira, a partir das 19h30 (horário de Mato Grosso do Sul), no estádio Nacional do Chile. Medalhistas olímpicos nos Jogos de Tóquio, a tenista Luisa Stefani e o nadador Fernando Scheffer serão os porta-bandeiras do Brasil no desfile dos países.

Com informações da Agência Estado