O canoísta Isaquias Queiroz está na do C1 1000 dos de Santiago, no Chile. O campeão olímpico venceu a primeira bateria, nesta quinta-feira, e garantiu presença na disputa de medalhas no sábado.

Isaquias foi o primeiro com o tempo de 3min55s32, à frente do cubano José Ramón Córdova, seu tradicional rival, que terminou em 3min55s44.

“Foi uma prova muito doída. Um mês só de preparação. Senti desgaste no final e nem sabia se eu era primeiro ou o cubano. Agora é descansar até a final de sábado. O foco é para Paris, o que conseguir é lucro, mas vamos representar o País da melhor forma”, disse Isaquias.

Na outra bateria, o argentino Calentín Rossi foi o mais rápido com o tempo de 3min40s58. O canadense Cameron Lowe, outro favorito à medalha de ouro, terminou em terceiro com o tempo de 3min46s44.

No polo aquático feminino, a seleção brasileira garantiu vaga na semifinal, ao derrotar Cuba por 12 a 10. A equipe volta a jogar nesta sexta-feira, contra adversário a ser definido ainda nesta quinta-feira.

Tiro com arco

A decepção ficou por conta de Marcus D’Almeida no tiro com arco. Líder do ranking mundial, campeçao da do Mundo e terceiro no último Mundial, o brasileiro foi eliminado pelo cubano Javier Vega nas oitavas de final por 6 a 5.

O brasileiro, que já tem vaga garantida na Olimpíada de paris no individual, vai buscar tambpem um lugar nas duplas mistas.

Outro que teve desempenho ruim foi o canadense Eric peters, vice-campeão mundial, superado pelo também cubano Juan Santi Esteban por 6 a 2.