Se os planos da CBF de anunciar um novo técnico antes da data Fifa de junho não forem por água abaixo, Ramon Menezes comandará diante do Marrocos, no dia 25, seu único jogo à frente da seleção principal. Apesar disso, o treinador não se fez de rogado e convocou nove atletas que nunca haviam vestido antes a camisa da seleção. Entre as novidades, há uma para a lateral direita e três para as duas primeiras posições no meio-campo.

Problema crônico com Tite, a lateral direita terá agora Arthur, do América-MG, como opção. Nesta sexta, Ramon ressaltou que chamou a atenção o fato de o jogador de 19 anos conseguir atuar tanto na direita, quanto no lado esquerdo. Os outros três convocados para as alas incluem um jogador que esteve na Copa do Mundo do Catar, Alex Telles, e dois que chegaram a ser convocados por Tite, mas que perderam espaço no ano anterior ao Mundial – Emerson e Renan Lodi.

Entre os volantes, Casemiro se mantém soberano na seleção, mas agora ele terá a concorrência de três jovens jogadores, todos com potencial de ir à Copa do Mundo de 2026: João Gomes, Andrey Santos e André.

“É difícil fazer uma convocação para essa posição. Temos vários atletas que poderiam estar na lista, jogadores de Copa do Mundo. Temos um leque”, comentou Ramon. “Mas neste momento procuramos oportunizar a esses atletas. O André tem mantido uma performance muito boa no Fluminense, é atleta muito inteligente, tem uma técnica muito boa. O João Gomes estamos dando a primeira oportunidade, por tudo o que ele fez no Flamengo e agora no seu novo clube. E o Andrey é um jogador muito promissor, quando eu cheguei na CBF falei que essa geração era muito promissora”, analisou o técnico.

Além dos laterais e dos volantes, Ramon Menezes apresentou um novo goleiro, Mycael; uma nova opção para a zaga, Robert Renan; e para o ataque, com Vitor Roque e Rony.

A lista de hoje também incluiu oito jogadores que atuam no futebol brasileiro, algo há muito tempo não visto na seleção principal. O Palmeiras é quem mais cederá jogadores, três. Athletico Paranaense (2), América, Vasco e Fluminense completam a nominata. De acordo com Ramon, a escolha por jogadores que atuam no País seguiu critérios técnicos.