Pelo terceiro dia seguido de atividades do time profissional no campo do Ninho do Urubu, o atacante Gabigol ficou de fora da programação feita pelo técnico Vitor Pereira. A uma semana do primeiro jogo da decisão do Campeonato Carioca, o camisa dez flamenguista vem cumprindo um tratamento à parte.

O objetivo do cuidado com o atleta é fazer um trabalho de reequilíbrio muscular a fim de evitar futuras lesões. O trabalho teve início na última quinta-feira e vem sendo chefiado pelo departamento médico do clube.

Nos últimos jogos do Flamengo pelo Estadual do Rio, o jogador acabou sendo substituído na etapa final. Contra o Vasco, no confronto que garantiu o rubro-negro na final do torneio, ele foi sacado do time com 14 minutos do segundo tempo.

Se com Dorival Júnior, Gabigol trocou de função e passou a jogar como segundo homem de frente, sob o comando de Vítor Pereira sua missão em campo ganhou mais afazeres. Além de atuar na armação das jogadas tendo Pedro como referência na área, ele agora também tem responsabilidades para ajudar na marcação quando o time fica sem a bola.

Além de Gabigol, mais cinco atletas desfalcaram o treino no campo do Ninho neste sábado. Arrascaeta, Pulgar, Pablo e Matheuzinho estão entregues ao departamento médico, Vidal, convocado para defender a seleção chilena, também esteve fora.

Flamengo e Fluminense iniciam a final do Campeonato Carioca neste sábado, no Maracanã. O jogo de volta está marcado para o próximo dia 9 de abril. Os dois clubes decidem o torneio pela quarta vez consecutiva. O rubro-negro levou a melhor em 2020 e 2021. Atual campeão, a equipe das Laranjeiras tenta o bicampeonato.