Em um jogo bastante disputado e com cinco gols, o derrotou o , por 3 a 2, nesta segunda-feira, no Maracanã, em duelo válido pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Carioca. Com o resultado, o time da Gávea precisa de um empate, domingo, às 18 horas, para se garantir na decisão.

O Flamengo se posicionou com a intenção de impor o jogo e utilizou do toque de bola para tentar avançar até a área adversária. O Vasco preferiu fazer forte marcação a partir de seu campo e buscar os lançamentos longos para surpreender a zaga rubro-negra.

Aos 5 minutos o primeiro lance de perigo. Arrascaeta lançou Pedro dentro da área. O atacante tocou para Thiago Maia bater fraco e facilitar a defesa de Léo Jardim.

O Vasco respondeu aos dez, com ajuda do zagueiro Rodrigo Caio, que falhou duas vezes no mesmo lance. A bola sobrou para Gabriel Pec, que bateu forte para abrir o placar.

Com a vantagem, o time de São Januário adotou a postura do contra-ataque e deixou a iniciativa para o Flamengo. Matheuzinho teve a chance de empatar, aos 16, mas desperdiçou. O mesmo não aconteceu com Arrascaeta, que acertou um lindo chute de fora da área para fazer 1 a 1, aos 22 minutos.

Daí para frente o jogo ficou ainda melhor. As equipes se soltaram e aumentaram a agressividade. Após cobrança de falta, Léo chegou a marcar o segundo do Vasco, aos 27, mas o VAR flagrou posição de impedimento.

A disputa continuou frenética com as chances de gol dos dois lados. Léo Jardim defendeu chute de Arrascaeta, enquanto Pedro Raul não acreditou na falha de Vidal. Mas ainda havia tempo para mais emoção.

Depois de nova boa defesa de Léo Jardim, Capasso errou na saída de bola e deixou Pedro livre para fazer o segundo gol do Flamengo, aos 38 minutos.

O segundo tempo foi repleto de erros de passes e posicionamento dos setores ofensivos, o que tornou a partida emocionante. As equipes se revezaram no ataque e o gol poderia sair para qualquer lado. E saiu para o lado do Vasco. Pedro Raul escapou pela esquerda e cruzou para forte cabeçada de Alex Teixeira: 2 a 2, aos 13 minutos.

As emoções e as falhas continuaram. Aos 24 minutos, após falta cobrada por Arrascaeta, toda a zaga do Vasco, inclusive o goleiro Léo Jardim, falhou e o zagueiro Fabrício Bruno até se abaixou para cabecear e fazer o terceiro gol do Flamengo.

O Vasco tentou mais uma vez o empate, mas só teve maior domínio nos acréscimos, após a expulsão de Matheus Gonçalves, que deixou o Flamengo com dez jogadores em campo.

O único lance lamentável foi a expulsão de Marinho, que estava no banco do Flamengo e chegou a iniciar uma confusão com os reservas do Vasco.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3 X 2 VASCO

FLAMENGO – ; Fabrício Bruno, Rodrigo Caio e Pablo; Matheuzinho (Matheus França), Thiago Maia, Vidal (Everton Ribeiro) e Ayrton Lucas (Everton Cebolinha); Gabriel (Matheus Gonçalves), Pedro e Arrascaeta. Técnico Vítor Pereira.

VASCO – Léo Jardim; Puma Rodríguez, Capasso, Léo e Lucas Piton; Jair (Nenê), Galarza (Marlon Gomes) e Andrey Santos (Rodrigo); Alex Teixeira (Figueiredo), Pedro Raul e Gabriel Pec (Erik Marcus). Técnico: Maurício Barbieri.

GOLS – Gabriel Pec aos dez, Arrascaeta aos 22 e Pedro aos 38 minutos do primeiro tempo. Alex Teixeira aos 13 e Fabrício Bruno aos 24 do segundo.

ÁRBITRO – Wagner do Nascimento Magalhães

CARTÕES AMARELOS – Galarza, Lucas Piton, Pablo, Matheuzinho, Figueiredo, Pedro e Pedro Raul.

CARTÕES VERMELHO – Matheus Gonçalves e Marinho (banco).

RENDA E PÚBLICO – Não divulgados

LOCAL – Maracanã.

Saiba Mais