Delegação sul-mato-grossense já se encontra em Joinville (SC), onde disputa a 71ª edição dos JUBs (Jogos Universitários Brasileiros). O primeiro grupo de é composto por 84 pessoas, sendo 74 atletas, sete técnicos e três dirigentes.

A primeira etapa da maior competição universitária da acontece no período de 8 a 14 de outubro e reúne atletas de oito modalidades: breaking, cheerleading, e-sports (Clash Royale, Free Fire e futebol eletrônico), handebol, judô, voleibol, wrestling (luta olímpica) e xadrez.

De acordo com a CBDU (Confederação Brasileira do Desporto Universitário), participam cerca de cinco mil estudantes-atletas das 27 unidades federativas, divididos em 21 modalidades ao longo dos 14 dias de evento.

De 15 a 21 de outubro, a etapa complementar dos JUBs Joinville 2023 terá disputas nas modalidades acadêmico (apresentação de artigos científicos no segmento esportivo), basquetebol, e-sports (Counter-Strike: Global Offensive, League of Legends e Valorant), futsal, jiu-jitsu, karatê, tênis, tênis de mesa e tênis de mesa paradesportivo.

Última edição

Na última edição, em (DF), Mato Grosso do Sul conquistou 21 medalhas, sendo oito de ouro, cinco de prata e oito de bronze. O principal destaque foi o wrestling, em que a equipe sul-mato-grossense dominou os tapetes e também o lugar mais alto do pódio. Na ocasião, todos os quatro atletas do estado voltaram com medalha de ouro na bagagem.

A modalidade, também conhecida como luta olímpica, foi adicionada ao programa esportivo dos JUBs em 2021 e até agora Mato Grosso do Sul não sabe o que é perder. O basquete feminino sul-mato-grossense também se sobressaiu nos JUBs 2022, ao terminar em terceiro lugar na primeira divisão.