Com gol de Robert, aos 50 minutos do segundo tempo, o Cruzeiro derrotou o por 1 a 0, nesta segunda-feira, no estádio da Serrinha, em , pela 35ª rodada do Brasileirão. O resultado tira o time celeste da zona de rebaixamento e praticamente rebaixa a equipe esmeraldina.

A vitória faz o Cruzeiro pegar o ‘elevador’ para o 13º lugar, com 44 pontos, jogando o para a zona de rebaixamento, com 41. O Goiás, por sua vez, tem 35 e pode ter a queda decretada na próxima rodada, frente ao Grêmio.

O goleiro Tadeu, do Goiás, foi um dos destaques do jogo com excelentes defesas. No entanto, após um erro de marcação da equipe esmeraldina, foi castigado com o gol de Robert no fim.

Precisando vencer para deixar a zona de rebaixamento, o Cruzeiro optou por pressionar o Goiás logo nos minutos iniciais e foi logo perdendo uma grande oportunidade de gol. Aos seis, após boa jogada de contra-ataque, Wesley levou para o meio e chutou. Tadeu salvou. Os dois travaram bons duelos no primeiro tempo, mas o goleiro levou a melhor em todos.

O domínio do Cruzeiro continuou. Aos 26, Bruno Rodrigues saiu de frente para o gol, após belo passe de Matheus Pereira, tentou driblar Tadeu, mas parou no goleiro. O Goiás foi responder apenas aos 37, quando Palácios avançou em liberdade e colocou Rafael Cabral para trabalhar.

O Goiás cresceu nos minutos finais, mas não conseguiu criar muitas oportunidades. O jogo acabou ficando truncado. Com isso, os times levaram um 0 a 0 para o intervalo, pior para o time esmeraldino, que escutou algumas vaias entre os seus torcedores

O segundo tempo foi um pouco mais pegado e fraco tecnicamente. No entanto, Tadeu continuou sendo o principal nome da partida. Aos nove minutos, Mateus Vital recebeu na ponta esquerda, cortou para o meio e chutou para mais um milagre do goleiro.

A defesa mais espetacular foi aos 20 minutos, quando foi buscar um arremate de Rafael Elias, que terminaria no ângulo. Do outro lado, o Goiás praticamente não atacava. Quando chegava, não assustava muito Rafael. Ele pegou um chute, sem muita pretensão, de Vinicius.

Aos 35, o Goiás criou a sua melhor chance. Após cobrança de escanteio, Breno desviou e jogou por cima do travessão. Quando tudo indicava que o jogo terminaria empatado, o Cruzeiro conseguiu furar o gol de Tadeu. Aos 50, Bruno Rodrigues deu uma inversão espetacular para Robert, que, sozinho, chutou cruzado para tirar a equipe mineira da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Goiás enfrenta o Grêmio na quinta-feira, às 19h, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS). No mesmo dia, às 20h, o Cruzeiro recebe o Athletico-PR, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 0 X 1 CRUZEIRO

GOIÁS – Tadeu; Maguinho, Lucas Halter, Bruno Melo e Diego; Willian Oliveira, Higor Meritão (Luis Oyama) e Guilherme Marques (Pedrinho); Julián Palacios (Anderson Oliveira), Matheus Babi (Apodi) e Vinicius (Breno). Técnico: Mário Henrique.

CRUZEIRO – Rafael Cabral; William, Neris (João Marcelo), Luciano Castán e Marlon; Machado (Robert), Ian Luccas (Lucas Silva) e Mateus Vital (Japa); Matheus Pereira, Bruno Rodrigues e Wesley (Rafael Elias). Técnico: Paulo Autuori.

GOLS – Robert, aos 50 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Apodi, Bruno Melo e Maguinho (Goiás); Anderson, Marlon e Matheus Pereira (Cruzeiro).

ÁRBITRO – Ramon Abatti Abel (SC).

RENDA – R$ 178.900,00.

PÚBLICO – 9.143 torcedores

LOCAL – Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO).

Saiba Mais