O atacante Lucca Orellano não deve mais reforçar o Vasco nesta reta final de Campeonato Brasileiro. Isso porque o clube informou, nesta quarta-feira (15), o diagnóstico de uma fratura no quarto metacarpo direito (mão) durante o confronto com o Cuiabá, que aconteceu no dia 2 de novembro, pela competição nacional.

O anúncio partiu das redes sociais do clube. Assim, na postagem, o departamento médico informou que existiam três possibilidades para tratar a contusão. O atleta, então, optou pela imobilização do local após consultar um médico da Argentina.

O clube não estabeleceu um prazo para o atacante voltar a jogar. A previsão de recuperação total para um jogador que sofre esse tipo de lesão está estimada em até quatro semanas.

Com 23 anos, Orellano saiu do Vélez Sarsfield por cerca de R$ 20 milhões e chegou para ser um dos líderes da equipe. Em 24 jogos, no entanto, ele fez apenas um gol com a camisa vascaína.

Sem Orellano, Vasco vai à luta contra o rebaixamento

O desfalque de Orellano surge num momento em que o Vasco briga para tentar evitar mais um rebaixamento na sua história. Isso porque a equipe do técnico Ramón Díaz contabiliza 40 pontos e ocupa o 15º lugar. Primeiro time que ocupa a zona do descenso, o Cruzeiro tem 37 pontos a aparece na 17ª posição.

Então, com cinco partidas a cumprir, o Vasco vai enfrentar fora de casa o próprio Cruzeiro, o Athletico-PR e o Grêmio e recebe o Corinthians e o Red Bull Bragantino na última rodada do Campeonato Brasileiro.