Pessoas com deficiência auditiva vão ter a oportunidade de experimentar o com a 1ª edição do Festival Surdolímpico, que acontece neste sábado (4), em Campo Grande.

O evento acontecerá no Poliesportivo da Vila Almeida, das 14h às 17h. A entrada é gratuita e as inscrições serão feitas no local. O objetivo é proporcionar uma tarde de vivências em três modalidades esportivas: badminton, futebol society e handebol, oportunizando à pessoa surda a iniciação e aproximação com esporte Surdolímpico.

Haverá demonstração de fundamentos e regras com dois professores de surdos: Eduardo Favaro e Marçal. As atividades serão destinadas a adolescentes acima de 12 anos, jovens e adultos.

A expectativa é de que cerca de 200 crianças e jovens participem do Festival. “O esporte e a inclusão andam juntos. Queremos através desse evento que pessoas surdas e com qualquer tipo de deficiência auditiva vivenciem o esporte e o percebam como uma ferramenta capaz de fortalecer a autoestima e o bem-estar”, destaca o secretário de Estado de Turismo, Esporte, Cultura e Cidadania, Marcelo Ferreira .

“Com a orientação de profissionais de Educação Física capacitados, o Festival tem a finalidade de evidenciar, principalmente a crianças e jovens, que o esporte é uma forma de melhorar a condição de vida, conseguir reconhecimento na sociedade e ampliar a prática regular e saudável de atividades físicas”, enfatiza o diretor-presidente da Fundesporte, Herculano Borges.

De acordo com a Confederação Brasileira de Desportos de Surdos, a surdez em si não implica em restrições à prática de atividade física e não existem esportes mais ou menos adequados para surdos.

Entretanto, as limitações linguísticas e comunicacionais podem dificultar a compreensão e o relacionamento, interferindo na aprendizagem e no comportamento do indivíduo.

Saiba Mais