O Brasil de Pelotas é o primeiro clube classificado para a terceira fase da Copa do Brasil. Em jogo único disputado nesta terça-feira à noite, que abriu a segunda fase, o clube gaúcho recebeu e venceu a Ponte Preta, por 2 a 0, no estádio Bento de Freitas. Márcio Jonatan e Luiz Felipe, um em cada tempo, marcaram os gols.

Além da classificação à terceira fase, o Brasil de Pelotas faturou mais R$ 2,1 milhões como premiação. Agora, espera o próximo adversário que será definido por sorteio, ainda com data indefinida pela CBF. Já a Ponte Preta se despede da Copa do Brasil de 2023 com R$ 2,65 milhões acumulados em premiação – participação mais premiação da primeira fase – e volta a focar no acesso na Série A2 do Paulista.

Jogando em casa e com o apoio da torcida, o Brasil de Pelotas começou a partida fazendo pressão na área adversária e não demorou para abrir o placar. Aos 13 minutos, Luis Gustavo cobrou escanteio na área e Márcio Jonatan apareceu para desviar de cabeça para o fundo das redes.

A Ponte Preta, em uma noite de pouco brilho, ainda tentou reagir e criou duas chances. Uma com chute de Weverton, que passou perto da trave, e outra com Jeh, que bateu cruzado e exigiu grande defesa de Marcelo Pitol.

No intervalo, o técnico Hélio dos Anjos, do time paulista, alertou a arbitragem sobre possível caso de racismo ao ser chamado de ‘negrão’. A Briga Militar foi acionada, mas não prendeu ninguém, mesmo porque o técnico não soube indicar o possível transgressor.

Na volta para o segundo tempo, o Brasil de Pelotas começou melhor e ampliou aos sete minutos. Guilherme Nunes foi até a linha de fundo e deu um toque para trás e Luiz Felipe chegou batendo de chapa ao fundo das redes, sem chances para o goleiro Caíque França.

Depois disso, o time paulista ainda tentou reagir, mas de forma desordenada. Mesmo assim acertou a trave duas vezes, com Léo Naldi e depois com Pablo Dyego. Foi pouco para mudar o placar e para impedir a grande festa feita pela torcida xavante, que lotou o Bento Freitas.