O Brasil conquistou o bicampeonato no revezamento misto de triatlo, neste sábado, com a medalha de ouro de Miguel Hidalgo, Djenyfer Arnold, Manuel Messias e Vittoria Lopes nos Jogos de Santiago, no Chile. Os brasileiros completaram a prova em 1h15min08. Superando (1h15min26) e Canadá (1h15min36), prata e bronze, respectivamente.

No tiro com arco, a equipe brasileira, com Marcus D’Almeida, Matheus Gomes e Matheus Ely, ficou com o bronze, ao derrotar a por 5 a 3. O destaque foi Marcus D’Almeida, que precisa de um dez no último tiro e conseguiu para garantir a terceira colocação.

No tênis de mesa, a equipe brasileira, formada por Bruna Alexandre, Giulia Takahashi e Bruna Takahashi, ficou com a medalha de bronze, ao perder a semifinal para as americanas.

Na pelota basca, mais um bronze. Foi conquistado por Filipe Otheguy no Frontball, ao derrotar o argentino Nicolas Comas por 2 a 0. O brasileiro repetiu o resultado obtido em Lima, no Peru, em 2019.

Na de trampolim sincronizado, os brasileiros Lucas Tobias e Rayan Dutra ficaram com o bronze (47,700), superados por americanos e canadenses.