O cumpriu seu papel ao vencer o Resende, por 2 a 0, neste domingo à tarde no estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES) pela 10ª rodada. Assim entrou, de forma momentânea, na zona de classificação às semifinais do Campeonato Carioca.

No momento em quarto lugar, o Botafogo soma 19 pontos e vai definir sua situação na última rodada, quando vai enfrentar a Portuguesa. Mas vai depender dos resultados de e Volta Redonda que também brigam pelas duas últimas posições.

Lanterna com apenas quatro pontos, o Resende sofreu sua quinta derrota consecutiva e lutará contra o rebaixamento com o Boavista, com cinco. Seu último jogo será diante do Audax Rio.

Com apoio da torcida, o Botafogo começou intenso e antes do primeiro minuto criou uma grande chance de gol. Matheus nascimento lançou Carlos Alberto, que tentou encobrir o goleiro Jefferson Luis, mas o volante Dener chegou a tempo de aliviar a bola na pequena área.

A oportunidade animou o Botafogo, que tentou chegar ao gol na base da pressão. Mas rapidamente a intensidade diminuiu e o Resende equilibrou as ações em campo, quase abrindo o placar aos 20 minutos. Bismarck recebeu a bola livre, saiu na frente de Lucas Perri e bateu rasteiro, mas o goleiro botafoguense desviou e contou com a sorte porque a bola ainda tocou na trave antes de sair para escanteio.

Mas o Botafogo seguiu tentando chegar ao gol e quase conseguiu aos 27 minutos quando Matheus nascimento entrou na área pela esquerda e finalizou de bico de chuteira, com Jefferson Luis defendendo.

O gol saiu, enfim, aos 47 minutos, quando ninguém mais esperava. Em um lance inesperado, com a bola sob domínio do Resende, Medina tentou chutar para frente, mas carimbou Carlos Alberto e a sobra ficou dentro da área para Matheus Nascimento, que deu um drible de letra e depois, com categoria, tocou de calcanhar para Carlos Alberto dominar e bater colocado para o gol: 1 a 0.

Mais tranquilo, o Botafogo iniciou o segundo tempo na pressão e conseguiu o que queria: fez o segundo gol aos três minutos. Lucas Fernandes, que tinha entrado no intervalo no lugar de Gabriel Pires, desceu pela esquerda e fez o levantamento bem alto. Carlos Alberto ajeitou de cabeça para trás e Matheus nascimento pegou de primeira, acertando o lado direito do goleiro.

Depois disso, o próprio Resende não acreditou mais na reação. O Botafogo sentiu a falta de movimentação do adversário e passou a valorizar a posse de bola. Nesta altura a torcida na arquibancada já parecia toda feliz da vida a ponto de puxar um coro bem conhecido nos últimos meses: “Real Madrid, pode esperar, a sua hora vai chegar.”

Aos 36 minutos, o Botafogo teve duas chances seguidas para ampliar. A primeira quando Luís Henrique tabelou com Matheus Nascimento e saiu na frente do goleiro, dando um toque por cima, mas a bola tocou em cima do travessão e ficou quicando na área até a defesa aliviar. Depois num chute de fora da área de Raí que Jefferson Luís espalmou.