O atacante Pedro do Flamengo, registrou boletim de ocorrência na madrugada deste domingo (30) após ser agredido pelo preparador físico Pablo Fernández, após a após a vitória contra o Atlético-MG, ontem, pelo Brasileirão.

Conforme apurado pelo Uol, o delegado que estava de plantão no Batalhão da Rotam, o delegado Marcos Pimeta conversou com a imprensa na porta da delegacia e deu mais detalhes sobre o que aconteceu.

“Após o jogo entre Atlético-MG e Flamengo pelo Campeonato Brasileiro no Independência, o atleta Pedro foi desferido. Sofreu um golpe na face após uma breve discussão, ele foi abordado pelo preparador físico [Pablo Fernández], o qual questionou o motivo pelo qual não teria aquecido no segundo tempo”, iniciou Marcos.

“Pedro não gostou de ter sido interpelado, disse que apenas não queria ter feito o aquecimento, quando o preparador físico deu ‘tapinhas’ no rosto dele. Pedro então tirou essas ‘tapinhas’, o preparador físico deu um passo atrás e desferiu um soco na face do atacante Pedro”, acrescentou.

Veja outras aspas importantes do delegado

Próximos passos do caso: “Na data de hoje, nós procedemos às oitivas necessárias para a inclusão no termo circunstancial de ocorrência, o qual será remitido ao Poder Judiciário com vistas ao titular da ação penal, que é o Ministério Público, e nesse caso, ou a representação do atacante, que neste momento está indo para o IML para fazer o auto de corpo de delito para averiguar a gravidade da lesão”.