A cada entrevista coletiva do Real Madrid, Carlo Ancelotti já sabe que ao menos uma pergunta será sobre o seu futuro. E, nesta sexta-feira (14), não foi diferente. Alvo da CBF para se tornar o novo treinador da Seleção Brasileira, o italiano foi questionado se seguirá no time espanhol na próxima temporada europeia e a resposta foi a mais firme que deu sobre o tema nestas últimas semanas.

“Eu creio que vamos estar aqui na próxima temporada, sem dúvida. Vamos respeitar o contrato”, disse Ancelotti, sem se alongar sobre o assunto. O experiente treinador tem vínculo com o Real até 30 de junho de 2024.

Contudo, na CBF, há a expectativa de que o italiano deixe o clube espanhol ao fim da atual temporada, em junho deste ano.

Ancelotti também disse ter boa relação com o presidente do Real, Florentino Pérez. “Acho que ele quer que eu continue [no clube]. O presidente sempre foi muito carinhoso comigo e continua sendo. Temos que olhar para frente. O clube está muito tranquilo e estaremos aqui na próxima temporada, respeitando o contrato”, reforçou.

Ancelotti fala sobre permanência pela segunda vez na semana

Trata-se da segunda vez em menos de uma semana que o italiano reafirma seu desejo de cumprir o contrato com o Real até o fim. Isso porque, na segunda-feira (10), ele concedeu entrevista para uma rádio italiana em que repetiu o discurso.

“Há um ditado bonito que serve para o caso: as palavras se vão com o vento. E assim é: tenho contrato até 30 de junho de 2024 e gostaria de respeitá-lo”, declarou.

Assim, no início do mês, ele havia indicado interesse em conversar com a cúpula da CBF sobre a possibilidade de ser o novo treinador da Seleção Brasileira. “Não conheço o presidente da Confederação Brasileira. Ele quer falar comigo, eu adoraria encontrar com ele”, comentou o técnico do Real Madrid.

Na ocasião, ele também reforçou que pretendia seguir no clube espanhol, mas exibiu postura mais flexível quanto a cumprir o contrato até o fim. “No momento, não me preocupa o cumprir o contrato com esse clube. Tudo está bastante claro, sigo aqui até que o Real Madrid me permita continuar aqui”, declarou o italiano.

Italiano é prioridade da CBF para o comando da Seleção

Um dos técnicos mais vitoriosos da história, Ancelotti é a prioridade número 1 da CBF, conforme já admitiu o próprio presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues. Mas ainda não teria acontecido nenhuma conversa entre as partes. O sonho da entidade é contar com o treinador a partir do segundo semestre.

Antes disso, Ancelotti tem muitos compromissos com o Real, como a disputa da Liga dos Campeões, do Campeonato Espanhol e da Copa do Rei. O time madrilenho está nas quartas de final da competição europeia e na final da Copa do Rei. No Espanhol, é vice-líder, a 13 pontos de distância do líder Barcelona.