Time misto do Athletico-PR tem início avassalador e goleia Red Bull Bragantino

Athletico colocou forte ritmo e abriu 3 a 0 em apenas 22 minutos
| 25/06/2022
- 18:15
athletico paranaense
Imagem ilustrativa - (Foto: Divulgação/Athletico-PR)

Mesmo com time alternativo, o Athletico-PR conquistou uma importante vitória, por 4 a 2, diante do Red Bull Bragantino, na tarde deste sábado, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, na Arena da Baixada, em Curitiba, o time paranaense colocou forte ritmo e abriu 3 a 0 em apenas 22 minutos. No segundo tempo, ainda fizeram o quarto, mas os minutos finais não foram tranquilos. Os visitantes fizeram dois gols e exerceram pressão, mas a reação parou por aí.

Com a vitória, o Athletico chegou a 24 pontos, se manteve dentro do G-4 e alcançou o 11º de invencibilidade sob o comando de Luiz Felipe Scolari. O time de Bragança Paulista, por sua vez, segue com 18 pontos, no meio da tabela.

O Athletico teve um início avassalador e praticamente definiu a partida em 20 minutos. O placar foi aberto logo aos quatro minutos. Vitor Bueno recebeu na esquerda e fez cruzamento perfeito para Erick, que cabeceou forte, sem chance para Cleiton

Mesmo com a vantagem, o time paranaense seguiu pressionando e contou com falhas no sistema defensivo paulista para fazer mais dois gols. Aos 15, após cruzamento da direita, Aderlan não afastou bem e depois se atrapalhou com Cleiton. Melhor para Orejuela, que chegou com muita vontade para completar de cabeça

Depois, o Red Bull até assustou com Hyoran, em cobrança de falta, mas aos 22 minutos, os mandantes fizeram o terceiro. Rômulo roubou a bola no ataque, invadiu a área pela direita e chutou rasteiro. A bola era defensável, mas Cleiton deixou passar.

O Bragantino tentou buscar forças para reagir no segundo tempo. Tentou com Alerrandro, de cabeça, e depois em nova cobrança de falta, desta vez com Luan Cândido, ambas defendidas por Bento. Apesar da insistência, quem marcou foi o Athletico. Hugo Moura avançou com liberdade e arriscou de fora da área para marcar um golaço.

Apesar da goleada, os paulistas seguiram buscando seu gol. Logo depois do gol, Luan Cândido mandou na trave após cruzamento. No lance seguinte, ele até balançou a rede, mas o assistente marcou impedimento, confirmado pelo VAR.

Nos minutos finais, o Red Bull Bragantino causou apreensão no adversário ao fazer dois gols. Aos 33, Miguel fez cruzamento rasteiro e Alerrandro deu toque sutil para marcar. No minuto seguinte, Miguel invadiu a área e sofreu pênalti. Na cobrança, aos 36, Lucas Evangelista não desperdiçou e fez o segundo. Apesar do ânimo com os dois gols, a reação paulista não prosseguiu.

Na terça-feira, às 21h30, o Athletico volta à Arena da Baixada para o primeiro jogo com o Libertad, do Paraguai, pelas oitavas de final da da América. No Brasileirão, o próximo adversário é o Palmeiras, no sábado seguinte. O Red Bull Bragantino volta a campo na segunda-feira, às 20h, quando recebe o Botafogo, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 15ª rodada.

Veja também

Atletas representam cerca de 38 municípios de Mato Grosso do Sul

Últimas notícias