Tiro Esportivo: Paratletas de MS vão participar da Copa Brasil no Rio de Janeiro e tentar vaga na seleção

Paratletas de Tiro Esportivo podem ter a oportunidade de representar o Brasil em competições internacionais
| 06/04/2022
- 17:43
Paratleta de Tiro Esportivo
Paratleta de Tiro Esportivo - (Foto: Divulgação)

Cinco paratletas profissionais de vão voar até o Rio de Janeiro (RJ) para participar da Copa Brasil de Tiro Esportivo e Para Trap 2022, de 8 a 10 de abril. Os paratletas vão concorrer a vagas na Seleção Brasileira e podem representar o Brasil nas competições internacionais.

Apoiados pela Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de MS), a delegação sul-mato-grossense é formada pelos paratletas Benedito Santana da Silva, Luiz Nelson Nunes Azevedo, Ênio Garcia de Jesus, João Almir Morais, Francisco dos Santos Oliveira.

Os competidores que se destacarem durante a competição concorrem a vagas na seleção brasileira de tiro esportivo, e terão a oportunidade de vestir as cores do país em competições internacionais.

A Copa Brasil de Tiro Esportivo e Para Trap 2022 é organizada pela CBTE (Confederação Brasileira de Tiro Esportivo) e CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro).

Provas do Tiro Esportivo e Trap

As provas de carabina e pistola ocorrerão na Naval, no centro da capital fluminense, enquanto as de trap (tiro ao prato) vão acontecer no Centro Militar de Tiro Esportivo, em Deodoro, Zona Oeste da cidade. No total, 29 atiradores estarão nas disputas.

Neste link é possível conferir o programa de provas e os horários. A equipe de MS será representada pela ARPP (Associação de Reabilitação e Paradesporto Pantanal), de Campo Grande.

Expectativa

“Esse é um dos primeiros campeonatos presenciais da modalidade e um dos mais importantes para nós. Vamos mais uma vez representar bem o nosso estado”, destaca João Almir Morais, presidente da entidade e um dos atletas de tiro esportivo da delegação.

Segundo um dos competidores, o atirador Luiz Nelson Azevedo, os treinos para a competição estão intensos. “Estou treinando ao menos três vezes por semana, além de praticar um pouco em minha casa também”, declara.

Para o atleta, o Estado vai em busca das primeiras colocações. “Nossa participação tem sido bastante relevante. Mesmo sendo um esporte de alto custo, estamos entre os melhores do país em diversas categorias”, relata.

Confira a lista de atletas, suas provas, e os auxiliares da delegação:

ATLETAS

Benedito Santana da Silva

  • R1 - carabina de ar – 10 metros – posição em pé
  • R6 - carabina calibre 22 – 50 metros – posição deitado (m)
  • R7 - carabina calibre 22 – 50 metros – 3x40

Luiz Nelson Nunes Azevedo

  • R3 - carabina de ar – 10 metros – posição deitado (m)
  • R6 - carabina calibre 22 – 50 metros – posição deitado (m)

Ênio Garcia de Jesus

  • R3 - carabina de ar – 10 metros – posição deitado (m)
  • R7 - carabina calibre 22 – 50 metros – 3x40

João Almir Morais

  • R6 - carabina calibre 22 – 50 metros – posição deitado (m)

Francisco dos Santos Oliveira

  • R3 - carabina de ar – 10 metros – posição deitado (m)
  • R7 - carabina calibre 22 – 50 metros – 3x40

AUXILIARES (ESTAFE)

  • José Vitório Ferreira da Silva
  • Josué Pereira da Silva
  • Ricardo José Wescherfelder

Veja também

Com o resultado, os corintianos continuam na vice-liderança

Últimas notícias