Em jogo que acabou com vaias e gritos por Renato Gaúcho, o Grêmio perdeu uma invencibilidade de 11 jogos na Arena, em Porto Alegre, ao ser derrotado por 1 a 0 pelo Ituano, na noite desta sexta-feira, pela 26ª rodada da Série B do Em três confrontos, o time tricolor nunca venceu o rival paulista na história.

O principal alvo de da torcida do Grêmio foi o técnico Roger Machado. O goleiro Brenno também não passou em branco. Antes do apito final, os torcedores chegaram a chamar o time de “sem vergonha”.

Com o resultado, o Grêmio chegou ao terceiro jogo sem vitória, mas permaneceu na terceira posição, com 44 pontos, na frente de Vasco (42) e Londrina (38). O Ituano subiu para o sétimo lugar, com 36.

Com o apoio dos seus torcedores, o Grêmio sufocou o Ituano no primeiro tempo. O time paulista sentiu a ausência de Rafael Elias e não conseguiu levar muito perigo ao gol de Brenno, diferente da equipe gaúcha, que criou boas oportunidades, mas não conseguiu tirar o zero do placar.

Logo aos três minutos, Villasanti achou Bitello dentro da área. O meia chutou em cima do goleiro Jefferson Paulino. O arqueiro brilhou logo na sequência em cabeçada de Bruno Alves. Foi uma grande pressão. Diego Souza também teve possibilidade de decidir, no entanto, o Ituano se fechou e conseguiu levar a igualdade para o intervalo.

O segundo tempo foi um pouco diferente. O Ituano se sentiu mais à vontade e se arriscou no ataque. Aos 11 minutos, Caíque fez boa jogada pela direita e cruzou. Gerson Magrão carimbou o travessão.

Após assustar, o Ituano recuou, mas o Grêmio não conseguiu se impor. O time gaúcho até teve a posse de bola, mas era a equipe paulista que, em lampejos, chegava perto de marcar. Aos 31 minutos, em nova bola área, Mário Sérgio jogou rente à trave.

O Ituano continuou investindo no ataque e marcou aos 41 minutos. Após a cobrança de escanteio, a bola foi desviada e ficou na trave. Na sobra, Lucas Dias só empurrou para o gol. Impaciente, a torcida começou a criticar o time do Grêmio a cada toque de bola. Sob pressão, o clube tricolor não conseguiu reagir e acabou derrotado.

O Grêmio volta a campo na terça-feira, às 21h30, frente ao Criciúma, no Heriberto Hülse, em Criciúma (SC). No mesmo dia, às 20h30, o Ituano recebe o Operário, no Novelli Júnior, em Itu (SP).

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 0 X 1 ITUANO

GRÊMIO – Brenno; Rodrigo Ferreira (Edilson), Pedro Geromel, Bruno Alves (Natã) e Nicolas; Lucas Leiva (Guilherme), Villassanti e Bitello (Gabriel Silva); Gabriel Teixeira, Diego Souza e Campaz (Elkeson). Técnico: Roger Machado.

ITUANO – Jefferson Paulino; Raí Ramos, Lucas Dias, Bernardo Schappo e Mário Sérgio; Rafael Pereira (Carlão), Caíque (Dudu Vieira), Lucas Siqueira, Léo (João Victor) e Gerson Magrão (Gabriel Barros); Aylon (Bruno Lopes). Técnico: Carlos Pimentel

GOL – Lucas Dias, aos 41 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Andre Luiz de Freitas Castro (GO).

CARTÕES AMARELOS – Nicolas (Grêmio); Lucas Dias e Rafael Pereira (Ituano).

RENDA – R$ 428.842,00.

PÚBLICO – 12.465 pagantes.

LOCAL – Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).