Corinthians vence Flamengo com gol contra de Rodinei, acabando com o jejum

Corinthians assume a vice-liderança com 29 pontos e o Flamengo permanece na oitava posição
| 10/07/2022
- 17:47
Corinthians
Corinthians vence com gol contra de Rodinei. Foto: Marcelo Cortes

O Corinthians venceu o Flamengo por 1 a 0, graças a um gol contra do lateral direito rubro-negro Rodinei, aos 9 minutos do segundo tempo, jogando em seu estádio: a Neo Química Arena. A partida foi marcada pelo equilíbrio entre os dois times de maior torcida do Brasil, com poucas chances de ataque entre as duas equipes. Com a vitória, o Corinthians assume a vice-liderança do Brasileirão 2022. O , por enquanto, continua em oitavo, mas deve perder posições até o fechamento da 16ª rodada do primeiro turno.

A partida foi especial para o goleiro Cássio. Completando 600 jogos com a camisa do Corinthians, Cássio foi decisivo na vitória. O goleiro fez defesas providenciais e foi eleito o "Craque do Jogo" na votação popular e dos comentaristas da TV Globo. Humilde, ele agradeceu a Deus: "Glória a Deus por tudo que tem acontecido na minha vida. Passamos por momentos bons, ruins, faz parte. Agradeço minha família, minha esposa, todos, e aos meus companheiros. Chegar a 600 jogos com essa camisa é para poucos. Sou grato a muita gente. Feliz pela vitória".

No primeiro tempo, o Corinthians fez valer o fator casa: ditou e sufocou o Flamengo nos primeiros minutos, mas o domínio não foi convertido em finalizações. Após sair da pressão, foi o Rubro-Negro que teve as melhores chances - a principal delas com Vitinho, em chute defendido por Cássio, que ainda bateu na trave. Aos 33, o técnico Vítor Pereira foi expulso por reclamar pedindo pênalti de lance de Ayrton Lucas em Adson.

Já no segundo tempo, o Corinthians chegou ao gol logo no começo da segunda etapa. Aos 9 minutos, Gustavo Silva levantou na área, Rodinei sozinho, tentou dominar, mas acabou mandando para o próprio gol. Logo em seguida, Cássio voltou a salvar, com duas defesas no mesmo lance, em chutes de e Victor Hugo. A partida pegou fogo nos minutos finais. Róger Guedes por pouco não ampliou aos 45, e Pedro no contra-ataque quase arrancou o empate.

Veja também

A dupla Neymar e Messi, do Paris Saint-Germain, ficou de fora

Últimas notícias