Atlético-GO e Botafogo empatam em jogo ruim e repleto de erros individuais

| 24/04/2022
- 19:52
Atlético-GO e Botafogo empatam em jogo ruim e repleto de erros individuais
O primeiro tempo foi muito ruim (Foto: assessoria/Botafogo)

Em um jogo muito ruim tecnicamente e repleto de erros individuais, Atlético-GO e empataram, neste domingo à noite, em Goiânia, pela terceira rodada do Com o resultados, os goianos somam dois pontos, em 17º lugar, enquanto os cariocas chegaram aos quatro, em 11º.

O primeiro tempo foi muito ruim. Poucas foram as oportunidades criadas, pois os times quase não chegaram à área adversária. Os goleiros não foram exigidos. O Botafogo foi menos pior e tentou mais, com cinco finalizações, das quais três foram de Sauer.

O Atlético-GO, apesar da total falta de agressividade, foi quem teve a melhor oportunidade, Aos 39 minutos, Ramon Menezes desviou cobrança de escanteio e quase abriu o placar.

No segundo tempo, os times fizeram em cinco minutos mais do que haviam feito na primeira etapa toda. Buscaram o ataque com objetividade. Jefferson obrigou Diogo Loureiro a fazer a primeira defesa da partida, aos dois minutos, mas aos cinco o goleiro do Botafogo falhou no arremate de Marlon Freitas da intermediária. A bola passou por entre as pernas do arqueiro.

O gol só poderia sair em um acidente de trabalho. O que se viu no restante do segundo tempo foi o mesmo futebol pobre dos primeiros 45 minutos. As equipes buscaram impor velocidade nas jogadas, mas faltou qualidade técnica para dominar a bola e fazer os melhores passes.

Aos 27 minutos, Victor Sá invadiu pela esquerda e finalizou. Wanderson desviou e a bola acabou batendo em seu próprio braço. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira marcou o pênalti, mas foi advertido pelo VAR. Voltou atrás e anulou a sua marcação.

Os últimos quinze minutos foram de pressão do Botafogo. Um gol de Chay chegou a ser anulado por causa de impedimento de Diego Gonçalves. Mas de tanto insistir, o time carioca conseguiu a igualdade no placar.

Aos 51 minutos, Chay lançou Saravia na direita. O lateral cruzou e Leandro Barcia mandou para as próprias redes. O empate, pelo mau futebol das duas equipes, acabou sendo o mais justo.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-GO 1 X 1 BOTAFOGO

ATLÉTICO-GO - Ronaldo; Dudu, Wanderson, Ramon Menezes e Jefferson; Edson (Baralhas), Marlon Freitas e Jorginho (Shaylon); Airton (Leandro Barcia), Wellington Rato (Rikson) e Léo Pereira (Churín). Técnico: Umberto Louzer.

BOTAFOGO - Diego Loureiro; Saravia, Philipe Sampaio, Kanu (Víctor Cuesta) e Daniel Borges; Luís Oyama (Matheus Nascimento), Lucas Piazon (Patrick de Paula), e Lucas Fernandes (Chay); Gustavo Sauer (Diego Gonçalves), Erison e Victor Sá. Técnico: Luís Castro.

GOLS - Marlon Freitas aos cinco minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Luiz Flávio de Oliveira (FIFA/SP).

CARTÕES AMARELOS - Edson, Baralhas e Philipe Sampaio.

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

Veja também

O Coxa quebrou um jejum de seis jogos sem vitória

Últimas notícias