A premiação seria mais um atrativo com cada atleta do time vencedor recebendo US$ 1 milhão (R$ 5,6 milhões), com a possibilidade de aumentar o valor. Para a NBA e para as equipes poderia render bons contratos de publicidade e com as emissoras de TV.

O principal obstáculo, segundo a ESPN, seriam os interesses das grandes equipes da NBA, porque cortar a temporada regular significaria a perda de vários milhões de dólares de renda, mas Silver, que aparentemente está entusiasmado com as competições europeias de futebol paralelas às ligas nacionais, acredita que o novo torneio seria um grande sucesso econômico e de público.