Esportes

‘Espero brindar público com bom jogo’, diz Bernardinho antes da Supercopa no Guanandizão

As equipes femininas do Praia Clube (MG) e Flamengo (RJ) desembarcaram na manhã desta quinta-feira (5) no Aeroporto Internacional de Campo Grande para a partida da Supercopa de Voleibol, que será realizada nessa sexta-feira (6), no Ginásio Guanandizão. Na chegada, o técnico do time carioca, Bernardinho, que não disputa partida no Guanandizão desde 2004, quando […]

Gabriel Maymone Publicado em 05/11/2020, às 12h02 - Atualizado às 12h09

Atletas e comissão técnica na chegada de hotel em Campo Grande. (Foto: Lucas Castro, Fundesporte)
Atletas e comissão técnica na chegada de hotel em Campo Grande. (Foto: Lucas Castro, Fundesporte) - Atletas e comissão técnica na chegada de hotel em Campo Grande. (Foto: Lucas Castro, Fundesporte)

As equipes femininas do Praia Clube (MG) e Flamengo (RJ) desembarcaram na manhã desta quinta-feira (5) no Aeroporto Internacional de Campo Grande para a partida da Supercopa de Voleibol, que será realizada nessa sexta-feira (6), no Ginásio Guanandizão.

Na chegada, o técnico do time carioca, Bernardinho, que não disputa partida no Guanandizão desde 2004, quando comandava a seleção masculina brasileira, que venceu Portugal pela Liga Mundial, comentou sobre voltar a jogar no ginásio. “Espero poder brindar o público com um bom jogo e agradecer por essa realização, que a gente possa voltar mais vezes”, comentou.

Sobre ser a primeira partida feminina com a presença de público no Brasil durante a pandemia, a capitã do Flamengo, Amanda Campos, comemorou. “É um reencontro dos torcedores. Vamos poder olhar e sentir a emoção, mesmo que de longe”. Ainda sobre o Guanandizão, Amanda declarou que “é uma felicidade fazer parte da história do ginásio e da cidade”, finalizou.

'Espero brindar público com bom jogo', diz Bernardinho antes da Supercopa no Guanandizão
Amanda Campos, capitã do time do Flamengo. (Foto: Lucas Castro, Fundesporte)
'Espero brindar público com bom jogo', diz Bernardinho antes da Supercopa no Guanandizão
Capitã do Praia Clube, Waleska Oliveira. (Foto: Lucas Castro, Fundesporte)

Capitã do Praia Clube, Waleska Oliveira também falou sobre o retorno do público aos jogos. “É um sentimento de que as coisas estão voltando ao normal, dentro do possível. É bom ver o público nos prestigiando novamente”, declarou.

Reinauguração

Na semana passada, o Guanandizão reinaugurou depois de ficar fechado por sete anos e passar por reformas. Na ocasião, foi realizada partida entre Taubaté e Cruzeiro, também pela Supercopa, porém na categoria masculina.

partida foi a primeira do país a ser realizada com público durante a pandemia. Foram distribuídos 600 convites (o ginásio tem capacidade para 6.074 pessoas) a dirigentes, convidados e ex-atletas. A medida será repetida para o jogo de amanhã.

Então os 600 convidados preencheram formulário estabelecido pela Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES-MS) e serão monitorados no período de 15 dias após a Supercopa, verificando se há presença de sintomas e complicações pela Covid-19.

Novo Guanandizão

Jornal Midiamax