Esportes

Equipe da Supercopa de Vôlei faz teste para Covid-19 antes de partida no Guanandizão

Membros da organização da Supercopa de Voleibol feminino foram submetidos novamente a testes para o novo coronavírus (Covid-19) nesta quarta-feira (4) em Campo Grande. Eles fazem parte da equipe de trabalho para a partida entre Praia Clube (MG) e Flamengo (RJ), no Guanandizão, na sexta-feira (6). Foi testada toda a equipe de trabalho do evento […]

Gabriel Maymone Publicado em 05/11/2020, às 08h08

Membros da organização realizaram teste para Covid-19. (Foto: Divulgação)
Membros da organização realizaram teste para Covid-19. (Foto: Divulgação) - Membros da organização realizaram teste para Covid-19. (Foto: Divulgação)

Membros da organização da Supercopa de Voleibol feminino foram submetidos novamente a testes para o novo coronavírus (Covid-19) nesta quarta-feira (4) em Campo Grande. Eles fazem parte da equipe de trabalho para a partida entre Praia Clube (MG) e Flamengo (RJ), no Guanandizão, na sexta-feira (6).

Foi testada toda a equipe de trabalho do evento que terá contato direto com atletas e comissão técnica das delegações. Ninguém testou positivo para o novo vírus e os resultados foram encaminhados à CBV (Confederação Brasileira de Voleibol).

Na semana passada, o Guanandizão reinaugurou depois de ficar fechado por sete anos e passar por reformas. Na ocasião, foi realizada partida entre Taubaté e Cruzeiro, também pela Supercopa, porém na categoria masculina.

A partida foi a primeira do país a ser realizada com público durante a pandemia. Foram distribuídos 600 convites (o ginásio tem capacidade para 6.074 pessoas) a dirigentes, convidados e ex-atletas. A medida será repetida para o jogo de amanhã.

Então os 600 convidados preencheram formulário estabelecido pela Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul (SES-MS) e serão monitorados no período de 15 dias após a Supercopa, verificando se há presença de sintomas e complicações pela Covid-19.

Equipe da Supercopa de Vôlei faz teste para Covid-19 antes de partida no Guanandizão
Guanandizão reformado (Foto: Leonardo de França)

Novo Guanandizão

Com o valor total da obra estimada em R$ 2.760.129,41, o ginásio passou por grande reestruturação, que permitiu a modernização nos padrões internacionais ao ginásio. Outra mudança foi a redução do público, que passou dos 8.240 espectadores para 6.074.

Os investimentos garantiram a reforma de banheiros, salas, vestiários, lanchonetes, além da modernização da iluminação, por exemplo. O Guanandizão recebeu ainda pintura nova, reforma da quadra e dos assentos ao público.

Equipe da Supercopa de Vôlei faz teste para Covid-19 antes de partida no Guanandizão
(Foto: Henrique Arakaki)
Jornal Midiamax