Esportes

Ex-jogador é preso por matar treinador a facadas após relação sexual

Por causa de problema com o pagamento de um programa sexual

Diego Alves Publicado em 24/11/2017, às 00h51

None

Por causa de problema com o pagamento de um programa sexual

Tocantins – A polícia de Tocantins prendeu nesta quarta-feira o ex-atleta Matheus Rodrigues. Ele jogou pela categoria de base do Interporto-TO e foi preso acusado de ter matado Armando Martins Filho, o Armandinho, que foi seu técnico. O crime teria acontecido por causa de problema com o pagamento de um programa sexual com o treinador. De acordo com o delegado Wagner Pereira, Matheus confessou o crime.Ex-jogador é preso por matar treinador a facadas após relação sexual

Matheus tem 20 anos e conheceu Armandinho aos 15. Depois que percebeu que não teria sucesso como jogador, passou a viver como garoto de programa. O ex-jogador teria se desentendido com o técnico em virtude de divergências sobre valores.

De acordo com a polícia, ele afirmou que matou o treinador com dois golpes de faca no dia 5 deste mês. Um deles atingiu o pescoço, provocando a morte de Armando. Após o crime, ele roubou o celular da vítima e fugiu para Palmas, capital do estado.

Matheus Rodrigues foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde aguardará o julgamento.

Jornal Midiamax