Esportes

Bruno Alves é o novo reforço para a zaga no São Paulo

Revelado pelo Figueirense, atleta assinou contrato até 2020

Arlindo Florentino Publicado em 22/08/2017, às 12h18

None

Revelado pelo Figueirense, atleta assinou contrato até 2020

O São Paulo oficializou na tarde desta segunda-feira (21) a contratação do zagueiro Bruno Alves, que estava no Figueirense. Ele chega ao Morumbi a pedido do técnico Dorival Júnior e passa a ser o 19º reforço tricolor para a temporada 2017. O atleta de 26 anos assinou vínculo até 31 de dezembro de 2020.

De acordo com nota do site oficial do São Paulo, Bruno Alves era cobiçado por “outros grandes do país”. O defensor havia rescindido contrato com o Figueirense antes de se acertar com o clube do Morumbi. Assim como foi com Hernanes, ele foi anunciado de forma surpreendente, já que seu nome não havia sido ventilado na imprensa.

Nesta terça-feira (22), Bruno foi submetido a exames médicos, conheceu a estrutura do CCT da Barra Funda e à tarde já integrará o elenco tricolor. No entanto, para poder estar à disposição no clássico contra o Palmeiras, neste domingo, ele precisa aparecer no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF até às 19 horas (de Brasília) de sexta-feira.

Com Bruno Alves, Dorival Júnior passa a ter seis opções para a zaga. Robert Arboleda, Rodrigo Caio, Diego Lugano, Aderllan e Douglas são as outras peças do sistema defensivo. Já Lucão está afastado pela diretoria desde junho, quando deu uma declaração irritado pelas críticas da torcida, após ter cometido uma falha na derrota para o Atlético-MG, no Morumbi.

Antes do novo zagueiro, o São Paulo havia contratado 18 jogadores para a temporada 2017. São eles Sidão, Wellington Nem, Cícero, Neílton, Jucilei, Lucas Pratto, Edimar, Marcinho, Morato, Thomaz, Maicosuel, Denilson, Aderllan, Petros, Arboleda, Jonatan Gomez, Marcos Guilherme e Hernanes.

Revelado nas categorias de base do Figueirense, Bruno Alves disputou mais de 100 jogos pelo clube, com o qual foi bicampeão catarinense em 2014 e 2015. Nascido em Jacareí, no interior paulista, ele chegou a ser emprestado ao Ribeirão, de Portugal, e teve passagens por alguns clubes menores antes de voltar ao Orlando Scarpelli.

Jornal Midiamax