Esportes

Neymar é condenado a pagar R$ 188 milhões por fraude no Imposto de Renda

Atacante ainda poderá recorrer da decisão

Ludyney Moura Publicado em 18/03/2016, às 11h45

None
neymar-.jpg

Atacante ainda poderá recorrer da decisão

Apesar de viver uma boa fase profissional no Barcelona, com gols e assistências importantes, ao lado do argentino Leonel Messi e do uruguaio Luis Soares, o atacante brasileiro Neymar Jr foi considerado culpado em um investigação sobre fraude no imposto de renda e condenado a pagar R$ 188,8 milhões.

De acordo com o Jornal Folha de São Paulo, o atacante era investigado por conluio, fraude e sonegação em seu imposto de renda de pessoa física. Para a 20ª Turma da Delegacia da Receita, ele ocultou rendimentos recebidos do seu ex-clube, o Santos, do atual, o Barcelona, e de um de seus patrocinadores, a Nike.Neymar é condenado a pagar R$ 188 milhões por fraude no Imposto de Renda

Neymar ainda poderá reconhecer da condenação ao Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). Ele teria simulado contratos para transferir dinheiro de direito de imagem a empresas de sua propriedade.

A receita concluiu que o jogador utilizou três empresas particulares para deixar de pagar R$ 63,6 milhões entre 2012 e 2014, de impostos. Corrigido, o valor seria superior a R$ 125 milhões.

Processo

Neymar também é réu na Espanha de um processo que investiga corrupção, fraude e simulação de contratos à época da negociação entre Barcelona e Santos pelo passe do jogador, ainda em maio de 2013.

O processo, que se encontra em fase de instrução – com a colheita de depoimentos e a busca por comprovações -, foi instaurado a partir das acusações do Grupo DIS, fundo de investimento que diz ter sido prejudicado por conta da sonegação de valores na transferência de Neymar.

Jornal Midiamax