Esportes

5 lugares de Campo Grande onde jogar ‘Pokémon Go’ pode ser mais interessante

Reportagem selecionou regiões com mais pontos de interação

Guilherme Cavalcante Publicado em 04/08/2016, às 12h17

None
pokemongomapacapacgr.jpg

Reportagem selecionou regiões com mais pontos de interação

5 lugares de Campo Grande onde jogar 'Pokémon Go' pode ser mais interessantePokémon Go foi finalmente lançado na tarde da quarta-feira (3) e em menos de 24h a febre virou realidade no Brasil. Em Campo Grande, mesmo tarde da noite, era visível o número de carros transitando na marcha lenta em locais onde ficam ginásios (onde o jogador pode participar de batalhas e fortalecer seus monstrinhos) e Pokéstops (espaços nos quais o jogador pode coletar algumas vezes ao dia itens gratuitos para seguir no jogo).

Basicamente, estes espaços de interação são igrejas, monumentos e outros espaços públicos, além de pontos turísticos. Isso porque Pokémon Go é baseado no jogo Ingress, também desenvolvido pela Niantic Lab. Assim, já era possível saber de ginásios e pokéstops bem antes do jogo ser oficialmente lançado no país.

Como Pokémon Go está funcionando por aqui, conferimos alguns locais e pegamos relatos sobre outros. O resultado é esta lista, para deixar a sua 'caçada' Pokémon em Campo Grande mais interessante. Para conferir os locais, acesse o Mapa Pokémon(aqui só funcionou no celular). Boa jornada e que você capture todos!

1. Parque das Nações Indígenas

Parque das Nações Indígenas (Reprodução/MapaPokémonGo)

Disparado o lugar que concentra mais ginásios e Pokéstops da cidade, os circuitos de caminhada do Parque das Nações Indígenas vão se tornar ainda mais interessantes com o grande número de locais interativos com Pokémon Go, isso sem falar nos diversos Pokémon que aparecem por lá.

2. Complexo Ferroviário

Região do Complexo Ferroviário (Reprodução/MapaPokémonGo)

Toda a região nas imediações da Feira Central, Armazém Cultural, da Avenida Mato Grosso e das Ruas 13 de Maio e 14 de Julho oferecem uma experiência bem intensa de 'caçada', devido à quantidade de pokéstops e até ginásio.

3. Praça Ary Coelho

Região da Praça Ari Coelho (Reprodução/MapaPokémonGo)

A Praça Ary Coelho também permite um 'safari', digamos assim. São cerca de 7 pontos interativos, onde o jogador consegue coletar bolas, itens especiais e até ovos. Por ter câmeras de segurança e presença policial, pode eventualmente ser um espaço seguro.

4. Praça do Rádio

Praça do Rádio Clube e imediações (Reprodução/MapaPokémonGo)

A Praça do Rádio Clube é mais um espaço que concentra vários pontos de interação. Mas se você topar descer pela Rua Barão do Rio Branco, passar pela Praça Belmar Fidalgo e pela Prefeitura de Campo Grande a lista fica ainda maior.

5. UFMS

UFMS, Cidade Universitária e Lago do Amor (Reprodução/MapaPokémonGo)

Na Cidade Universitária e em suas imediações também há vários pokéstops e até um ginásio. Porém, todo cuidado é pouco, já que a UFMS tem sido palco de roubos e assaltos. A reportagem ainda não conferiu, mas relatos na fanpage Pokémon Go Campo Grande (MS) também apontam que monstrinhos raros e fortes tem sido vistos na região.

Jornal Midiamax