Esportes

Vasco supera América-RN no RJ pela Copa do Brasil e abre boa vantagem

A vitória é a primeira depois de três derrotas 

Diego Alves Publicado em 16/07/2015, às 02h09

None
vascoamericarncopadobrasildiv.jpg

A vitória é a primeira depois de três derrotas 

O gol chorado, de rebote, no último suspiro do primeiro tempo; outro “achado”, de pênalti, pouco depois de levar o empate; e um terceiro mais bonito, mas ainda sim depois de rebatida errada da zaga. Foi assim, sem encantar, que o Vasco conquistou uma importante vitória no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil . Nesta quarta-feira, o time cruzmaltino recebeu o América-RN , em São Januário, e saiu na frente no confronto que vale vaga às oitavas de final do torneio nacional: venceu por 3 a 1 e abrandou momentaneamente a crise na temporada.

A vitória, primeira depois de três derrotas consecutivas, permite ao Vasco perder por até um gol de diferença no jogo da volta, na próxima quarta-feira, às 22h (de Brasília), na Arena das Dunas. Se balançar as redes, o time cruzmaltino obrigará os potiguares a fazerem no mínimo três para ter chances de vaga. O vencedor deste confronto disputará as oitavas de final da Copa do Brasil, que contará com as equipes que jogaram a Libertadores e mais o Fluminense , sexto colocado do último Campeonato Brasileiro . Os duelos serão definidos via sorteio.

Mesmo atuando fora de casa e pertencendo à Série C do Campeonato Brasileiro, o América-RN não foi presa fácil para o Vasco nesta quarta-feira. O time potiguar começou a partida muito bem e até flertou com a abertura do placar em São Januário. A equipe carioca só conseguiu se encontrar em campo depois dos 20min. Coube a Herrera balançar as redes no último lance da primeira etapa, de cabeça. Foi o primeiro gol do argentino com a camisa cruzmaltina.

A desvantagem no placar incendiou os potiguares, que passaram a pressionar a saída de bola vascaína logo depois do intervalo. Resultado? Empate. O gol do América-RN foi anotado por Reis, após falha bisonha de Aislan. Mas a tristeza carioca durou pouco tempo. Os visitantes mal conseguiram segurar a igualdade no placar e logo sofreram o segundo, marcado por Anderson Salles, de pênalti. No fim, o Vasco se soltou e até conseguiu ampliar o marcador, com Emanuel Biancucchi. Vaga às oitavas muito bem encaminhada!

Sem Dagoberto na volta!

Dagoberto foi um dos principais jogadores do Vasco no confronto desta noite. O experiente atacante lutou, movimentou-se bastante e infernizou a defesa do América-RN. Mas foi expulso de maneira infantil no fim do jogo. Dagoberto cometeu falta no campo de ataque sobre Lucas aos 35min da etapa complementar, recebeu o segundo cartão amarelo e foi mandado ao vestiário mais cedo. Assim, desfalcará o Vasco na próxima quarta-feira, em Natal. A vantagem por dois gols de diferença é confortável, mas certamente o torcedor cruzmaltino não queria ter ganhado esta baixa inesperada.

De 101 a 111!

Quem assistiu à partida desta quarta-feira, em São Januário, pode ter se assustado. Em vez de vestirem os tradicionais uniformes de 1 a 11, os jogadores titulares do América-RN trajaram camisas com números de 101 a 111. O motivo? O clube potiguar completou 100 anos de história na última terça. O centenário, então, foi homenageado nas vestimentas. O goleiro Bussatto, por exemplo, vestiu a 101. A 110? Ficou com o jogador mais criativo do time, Cascata. A curiosidade? Quando os atletas eram substituídos, a placa do quarto árbitro mostrava apenas os dois números finais de cada um deles. Imgina só se caberiam seis digitos na placa, não é mesmo!?

Vasco 1 x 0 América-RN – 47min do primeiro tempo – Anderson Salles cobrou tiro de canto, e Riascos cabeceou na trave. Herrera pegou o rebote e completou para as redes.

Vasco 1 x 1 América-RN – 9min do segundo tempo – Reis aproveitou a furada grotesca de Aislan na entrada na área, girou o corpo e bateu na saída de Jordi para empatar.

Vasco 2 x 1 América-RN – 16min do segundo tempo – Flabio Boaventura agarrou Jhon Cley na área, e o árbitro marcou o pênalti. Anderson Salles cobrou firme, no canto esquerdo de Bussatto e balançou as redes.

Vasco 3 x 1 América-RN – 32min do segundo tempo – Christiano cruzou por baixo, e a zaga potiguar afastou parcialmente. Emanuel Biacucchi pegou a sobra, emendou no gol e anotou o terceiro.

FICHA TÉCNICA

VASCO X AMÉRICA-RN

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 15 de julho de 2015 (quarta-feira)

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Assistentes: Herman Brumel Vani (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)

Cartão Amarelo: Dagoberto, Christiano (Vasco); Flavio Boaventura, Zé Antonio (América)

Cartão Vermelho: Dagoberto (Vasco)

VASCO: Jordi, Madson, Aislan, Rodrigo e Henrique(Christiano); Anderson Salles, Guiñazu e Emanuel Biancucchi; Herrera (Thalles), Dagoberto e Duvier Riascos (Jhon Cley)

Técnico: Celso Roth

AMÉRICA-RN: Busatto, Lucas, Flávio Boaventura, Cléber e Rafael (Glaucio): Judson, Zé Antonio, Álvaro e Marcelo Maciel (Reis); Cascata e Adriano Pardal (Bruno Farias)

Técnico: Roberto Fernandes

Jornal Midiamax