Esportes

Sorridente, Alonso deixa hospital em Barcelona e segue direto para casa

Espanhol será substituído pelo reserva Kevin Magnussen nos testes desta semana

Gerciane Alves Publicado em 25/02/2015, às 13h25

None
alonso.jpg

Espanhol será substituído pelo reserva Kevin Magnussen nos testes desta semana

Fernando Alonso deixou o Hospital Geral da Catalunha no início da tarde desta quarta-feira (manhã no Brasil). O piloto espanhol estava internado no hospital, localizado a cerca de 25km do autódromo de Montmeló, desde o último domingo, quando sofreu um forte acidente com a McLaren durante os testes da pré-temporada em Barcelona.

Sorridente e acenando para os jornalistas, o piloto deixou o local caminhando, acompanhado de familiares. O empresário Luis García Abad, conversou com a imprensa no local e afirmou que Alonso seguirá diretamente para sua residência, em Oviedo, no Principado de Astúrias, a 890km de Barcelona, para continuar descansando.

“Fernando está bem. Agora vai para casa para descansar. Ele voltará logo para a pista, assim que estiver preparado”, disse Abad.

A McLaren já confirmou que vai poupar o espanhol dos testes desta semana, que também serão realizados em Barcelona, a partir de quinta-feira, para que ele esteja em perfeitas condições de disputar o GP da Austrália, no dia 15 de março. Desta forma, a escuderia inglesa estará representada apenas por Jenson Button e o reserva Kevin Magnussen na próxima bateria.

Após o acidente, quando se chocou contra um muro na curva 3 do Circuito da Catalunha, Alonso recebeu os primeiros atendimentos na pista e foi transferido do autódromo para o hospital por helicóptero. Na sequência, ele passou por uma bateria de exames para verificar se o impacto havia causado lesões, o que foi logo descartado pelos médicos.

A  expectativa inicial era de que o espanhol permaneceria internado para acompanhamento apenas por 24 horas. O ex-chefe Flavio Briatore afirmou que ele não se lembrava da batida e que deveria receber alta ainda na terça-feira, mas o empresário Abad afirmou que o piloto ficaria até que estivesse em condições de “levar uma vida normal”.

Companheiro de Alonso na Ferrari entre 2010 e 2013, Felipe Massa comemorou a alta do amigo por meio das redes sociais:

“Feliz em ver que meu amigo Fernando Alonso saiu hoje do hospital! Espero te ver logo nas pistas, irmão! Deus te proteja”, escreveu o piloto da Williams.

Confira a seguir o comunicado da McLaren sobre a alta de Alonso:

“Após o acidente nos testes no Circuito da Catalunha, no último domingo, temos o prazer de confirmar que Fernando Alonso já deixou o hospital. Ele vou para a casa de sua família na Espanha para descansar mais e continuar se recuperando.

Como resultado, ele ficará fora do teste final da pré-temporada, esta semana, no qual ele deveria dividir o carro com o companheiro Jenson Button. Kevin Magnussen, piloto de testes e reserva da McLaren-Honda, vai substitui-lo.

Jenson vai testar o carro da McLaren-Honda amanhã (26 de fevereiro), e a equipe vai confirmar o cronograma completo dos testes em breve.”

Jornal Midiamax