Esportes

Santos perde pênalti, mas se recupera, bate Palmeiras e joga por um empate pelo título

O tento decisivo foi feito por Gabriel, aos 33 minutos

Diego Alves Publicado em 26/11/2015, às 02h09

None
622_54899962-89a5-325e-bab4-c2eabc7b1c92.jpg

O tento decisivo foi feito por Gabriel, aos 33 minutos

Santos e Palmeiras fizeram um duelo bastante nervoso na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, pelo confronto de ida da primeira decisão paulista da história da Copa do Brasil. E o time da casa se recuperou de pênalti perdido na etapa inicial, furou a retranca do rival no fim, venceu por 1 a 0 e agora joga por um empate para ser campeão na semana que vem.

O tento decisivo foi feito por Gabriel, aos 33 minutos do segundo tempo. E havia sido o próprio atacante que desperdiçou penalidade no começo da partida.

O triunfo dá à equipe alvinegra a chance de poder levantar a taça com um empate na próxima quarta, 2 de dezembro, às 22h, já que agora o Palmeiras vai ao Allianz Parque precisando de uma vitória por dois gols de diferença para ser campeão.

Por outro lado, um triunfo por um tento em favor do time alviverde leva a decisão para os pênaltis.

O critério de gols fora de casa não vale na decisão da Copa do Brasil deste ano. Com isso, qualquer triunfo simples do Palmeiras no duelo de volta leva o jogo às cobranças de penalidades.

Palmeiras e Santos, aliás, foram aos pênaltis na final do Campeonato Paulista, depois de uma vitória para cada lado dentro de casa. Melhor para o time alvinegro, que se sagrou campeão estadual dentro da Vila Belmiro no embate de volta.

Nos dois confrontos realizados na casa palmeirense em 2015, duas vitórias da equipe da casa por 1 a 0, sendo uma pelo Paulistão e outra pelo Campeonato Brasileiro. O Santos, por sua vez, venceu os quatro duelos dentro da Vila Belmiro na atual temporada.

Campeão da Copa do Brasil em 2010, o Santos luta pelo bi, enquanto o Palmeiras, vencedor em 1998 e 2012, sonha com o tri.

Jornal Midiamax