Esportes

Lusa cai para Red Bull e se complica na luta contra degola

Com a derrota, a Lusa acumula sete partidas sem vencer

Diego Alves Publicado em 04/04/2015, às 22h09

None
jocineiportuguesaxredbullfabiomoraesfutura.jpg

Com a derrota, a Lusa acumula sete partidas sem vencer

A diretoria da Portuguesa até tentou fazer sua parte – pagou quatro ônibus, churrasco e cerveja para os torcedores apoiarem o time em Bragança Paulista -, mas viu mais uma derrota de sua equipe, dessa vez para o Red Bull Brasil, por 2 a 0, e agora vê cada vez mais perto um possível rebaixamento para a Série A-2 do Campeonato Paulista . Com dois gols, o segundo uma pintura, Edmílson encaminhou a classificação dos visitantes às quartas do Estadual.

Com a derrota, a Lusa acumula sete partidas sem vencer, sendo quatro empates e três derrotas, se mantendo na zona de rebaixamento com apenas 13 pontos e precisando ganhar do São Paulo , no Morumbi, na última rodada, para evitar outra tragédia na recente história de terror que vive a equipe lusitana. Já o Red Bull dá um passo importante para avançar no Paulista, já que, com 24 pontos, está na vice-liderança do Grupo 1 e precisa apenas fazer seu dever de casa contra o Linense, na próxima rodada, para garantir seu lugar nas quartas de final.

Mesmo com o apoio de sua torcida no estádio Nabi Abi Chedid, sua casa enquanto o Canindé não recebe a liberação da Polícia Militar para receber partidas, a Portuguesa não conseguiu reagir e praticamente não assustou o Red Bull Brasil na etapa inicial. Embalados com a boa vitória sobre o Palmeiras , os visitantes foram melhores e abriram o placar pouco antes do intervalo, com Lulinha deixando Edmílson livre para balançar as redes.

Ao contrário do que era esperado, a Lusa voltou com a mesma postura para a etapa final. Apática, não demorou muito para sofrer mais um gol e fazer crescer o desespero nas arquibancadas. Dessa vez, Edmílson recebeu um cruzamento, chapelou o marcador e bateu no ângulo, acabando com as esperanças dos lusitanos presentes no interior paulista. Já em grande desvantagem no placar, a Portuguesa até tentou uma reação, mas chegou apenas uma vez, com Léo Costa, que bateu de fora da área e viu o goleiro Juninho espalmar.

Já sem a paciência de seus torcedores, que gritavam “olé” contra a própria Portuguesa, Fabinho Capixaba perdeu a cabeça e protagonizou um dos lances mais desleais de todo Campeonato Paulista. O ex-lateral direito do Palmeiras cometeu uma falta por trás e, não satisfeito, ainda pisou na parte de trás da perna do adversário, sendo expulso diretamente pelo árbitro da partida.

GOLS

Portuguesa 0 x 1 Red Bull Brasil – 44min do primeiro tempo

Lulinha avançou pela esquerda e cruzou na medida para Edmílson escorar de cabeça e abrir o placar para os visitantes em Bragança Paulista.

Portuguesa 0 x 2 Red Bull Brasil – 12min do segundo tempo

Edmilson recebeu na entrada da área, deu um chapéu para trás em Bruno Bertucci e acertou o ângulo do goleiro Rafael Santos.

Jornal Midiamax