Esportes

Jogo do Brasil às 21h provoca turbulência na grade da Globo

Jogo desta quarta provocará readaptação na duração de novelas e jornais

Midiamax Publicado em 16/06/2015, às 21h41

None
coutinho-neymar-leo-correa-mowa.jpg

Jogo desta quarta provocará readaptação na duração de novelas e jornais

A Globo já confirmou que irá transmitir ao vivo o segundo jogo da Seleção Brasileira na Copa América 2015. O horário do duelo, contudo, causará complicações para o canal: a aguardada partida contra a Colômbia tem início marcado para as 21h desta quarta-feira, o que provocará uma readaptação da grade com influência na duração de novelas e jornais.

O time de Dunga causará um “achatamento” de toda a programação noturna da Globo, com programas encurtados. Normalmente, o Jornal Nacional tem início às 20h30 (de Brasília) às quartas e a novela Babilônia começa pouco depois das 21h, se estendendo até as 22h, quando ocorrem os jogos transmitidos no dia.

Nesta quarta-feira, porém, os programas tradicionais da emissora carioca já serão cortados a partir da tarde. A novelinha teen Malhação, que geralmente se inicia às 17h50, vai começar às 17h25. Depois, Sete Vidas será exibida às 18h, um telejornal regional irá ao ar às18h50, e a novela I Love Paraisópolis será exibida pouco depois das 19h.

A partir daí, o Jornal Nacional apresentará a sua vinheta inicial às 20h, e a novela Babilônia vai começar às 20h25. Ela, porém, terá pouco menos de 30 minutos de duração e dará lugar ao duelo da Seleção às 20h50. Como a novela das 23h, Verdades Secretas, não é exibida às quartas-feiras, o fime Motoqueiro Fantasma: Espírito de Vingança vai ser exibido após o confronto.

Ao menos, a Globo não lamentará tanto a perda do horário nobre de sua novela por um motivo: Babilônia tem dado péssimos índices de audiência no canal e, inclusive, já teve o final adiantado.

A novidade do horário da futebol às 21h, inclusive, é uma pedida antiga de torcedores brasileiros que se incomodam bastante com os jogos dos torneioos nacionais às 22h – a CBF também tem começado a questionar o horário tardio e já anunciou um adiantamento de 20 minutos.

Jornal Midiamax