Guerrero é aprovado por Tite mesmo “abaixo do normal”

Peruano será titular no duelo da Libertadores nesta quarta
| 05/05/2015
- 01:50
Guerrero é aprovado por Tite mesmo “abaixo do normal”

Peruano será titular no duelo da Libertadores nesta quarta

O Corinthians não jogou no fim de semana, mas o centroavante Paolo Guerrero encarou os treinamentos no CT Joaquim Grava como se estivesse em Itaquera. Ao menos foi essa a percepção do técnico Tite. “Estou para dizer que ele teve uma intensidade parecida com a do jogo. E jogar contra Yago e Edu Dracena é difícil. O nível de enfrentamento foi altíssimo. Isso é sinal de uma boa preparação”, aprovou.

Faz tempo que a torcida do Corinthians não pode ver Guerrero em ação, como tem feito Tite no CT. O peruano acabou internado pouco antes da partida contra a Ponte Preta , ainda pelas quartas de final do Campeonato Paulista , com dengue . Recuperou-se recentemente, para reforçar a sua equipe contra o paraguaio Guaraní, na quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América.

“Talvez o Guerrero ainda esteja um pouco abaixo do seu padrão normal, mas melhorou muito. Ele não atingiu a sua plenitude. A sequência do trabalho dará essa condição”, confiou Tite, aproveitando o ensejo para agradecer a médicos, fisioterapeutas e preparadores físicos do Corinthians. “É o trabalho invisível para o torcedor, que valorizamos”.

Apesar do trabalho invisível ter surtido efeito, ainda é visível que Guerrero não se encontra com a mesma forma física de antes. “Também tenho a impressão de que ele perdeu peso . Mas a condição já é boa, o nível de força. Ele pode enfrentar todo o jogo de quarta-feira ou grande parte dele”, avaliou Tite.

O mais provável é que o treinador substitua Guerrero no segundo tempo da partida contra o Guaraní. Para a maioria da torcida corintiana, no entanto, o centroavante “um pouco abaixo do seu normal” já está de bom tamanho. Vagner Love não agradou nas oportunidades que teve de substituir o peruano.
 

Veja também

A dupla Neymar e Messi, do Paris Saint-Germain, ficou de fora

Últimas notícias