Goleiro brasileiro para CR7, Real Madrid tropeça, e Barcelona abre vantagem

Empate deixou equipe merengue distante do Barcelona
| 10/05/2015
- 00:58
Goleiro brasileiro para CR7, Real Madrid tropeça, e Barcelona abre vantagem

Empate deixou equipe merengue distante do Barcelona

O Real Madrid perdeu a chance de se manter a dois pontos do Barcelona e praticamente deu adeus ao título espanhol. Neste sábado, o time merengue empatou por 2 a 2 com o Valencia, no Santiago Bernabéu. Com isso, o rival abriu quatro pontos de vantagem na liderança do campeonato, a duas rodadas do fim. Cristiano Ronaldo chegou a desperdiçar um pênalti quando a partida estava 2 a 0. Diego Alves salvou o time visitante ao defender o chute.

O Real saiu atrás, mas conseguiu empatar com dois gols no segundo tempo (Pepe e Isco marcaram). Para voltar a erguer a taça, o Real Madrid terá de torcer contra o Barcelona nos dois últimos jogos. O time merengue, com 86 pontos, terá de vencer o Espanyol fora de casa e o Getafe no Bernabéu. O Barcelona soma 90 pontos e precisa de apenas três pontos para ser campeão. A equipe enfrenta o Atlético de Madri, na capital espanhola, e o La Coruña, no Camp Nou.

No empate deste sábado, o Real Madrid acabou surpreendido logo no primeiro tempo. Alcaces abriu o marcador aos dez minutos ao completar cruzamento da esquerda. Aos 25, Javi Fuego fez de cabeça ao desviar uma bola alçada na área, em cobrança de falta. Pepe diminuiu o prejuízo aos 10 minutos da etapa final. Isco salvou o Real ao marcar o segundo gol a seis minutos do fim.

Cristiano Ronaldo teve atuação apagada. O atacante português, que é artilheiro do campeonato, com 42 gols, teve duas chances na etapa inicial da partida. Na primeira, de cabeça, mandou na trave. No último lance do primeiro tempo, perdeu um pênalti.

Fases do jogo:
O Real Madrid começou a sofrer pressão do Valencia desde o começo. Aos 27 segundos, Casillas faz boa defesa em chute de fora da área e Alcacer. depois, aos 9, o atacante recebeu  na frente, tentou encobrir o goleiro merengue, mas errou a conclusão.

Aos 13, o Real chegou pela primeira vez: Bale acertou o travessão após cobrança de falta. Cinco minutos depois, Cristiano Ronaldo concluiu de cabeça. A bola bateu na trave.

No lance seguinte, o Valencia abriu o placar, com Alcacer, que completou esticou a perna, completando cruzamento da esquerda. Casiilas chegou a tocar na bola, mas não conseguiu fazer a defesa.

A resposta do Real foi imediata. Cristiano Ronaldo tentou uma bicicleta, a bola bateu na zaga e voltou para Toni Kroos, que, no rebote, chutou para fora. O Valencia não se intimidou com a pressão e marcou o segundo gol.

Aos 25, Javi Fuego desviou de cabeça uma bola cruzada na área e não deu chances a Casillas. No lance seguinte, Kroos, machucado, deu lugar a Illarramendi.

O Real, em seguida, voltou a assustar o Valencia. Primeiro, Bale obrigou Diego Alves a espalmar um chute no alto. Depois, Chicharito acertou a trave após jogada com Bale. Na melhor chance, Cristiano Ronaldo perdeu um pênalti, defendido por Diego Alves.

No segundo tempo, Carvajal e Marcelo entraram nos lugares de Arbeloa e Coentrão, respectivamente. O Real voltou melhor e quase fez o primeiro aos 10. mas Diego Alves voltou a brilhar, em cabeçada de Chicharito. Pepe, no entanto, marcou em seguida, em nova jogada aérea.

Sergio Ramos quase empatou aos 28. Diego Alves voltou a salvar o Valencia no lance ao defender uma cabeada à queima-roupa, no canto esquerdo. Aos 39, porém, Isco empatou o jogo ao chutar de fora da área. O Real ainda pressionou o Valencia nos minutos finais, mas não conseguiu virar a partida.

Melhor: Diego Alves. O goleiro brasileiro defendeu um pênalti cobrado por Cristiano Ronaldo no fim do primeiro tempo, no canto direito. Na etapa final, fez pelo menos duas defesas difíceis. 

Pior: Cristiano Ronaldo. O artilheiro do Campeonato Espanhol quase não apareceu no jogo. O camisa 7 ainda desperdiçou um pênalti no fim do primeiro tempo. Antes, brilhou apenas em uma jogada, ao finalizar de cabeça na trave.

Para lembrar:
O Real Madrid não conseguiu vencer o Valencia na edição deste ano do Campeonato Espanhol. No primeiro turno, o time merengue perdeu por 2 a 1, no Mestalla. Na ocasião, Cristiano Ronaldo marcou de pênalti, abrindo o placar. Depois, Otamendi e Barragán viraram para o Valencia.

Veja também

Alagoano ingressou com denúncia na Justiça para apurar o crime de racismo

Últimas notícias